15 C
Castelo Branco
Segunda-feira, Outubro 26, 2020
No menu items!
Início Nacional Volt Portugal organiza primeiro congresso com olhos postos nas autárquicas

Volt Portugal organiza primeiro congresso com olhos postos nas autárquicas

O Volt Portugal (VP), recentemente oficializado como partido no país, organiza sábado o seu primeiro congresso, visando a organização interna mas já com os olhos postos nas eleições autárquicas de 2021.

Na ordem de trabalhos está prevista a organização interna dos órgãos do partido, entre os quais a eleição da Comissão Política Nacional, à qual concorre apenas a lista A, encabeçada pelo atual presidente, Tiago de Matos Gomes.

A 21 de agosto, o Volt Portugal admitiu que o congresso seria organizado já “com pensamento nas autárquicas de 2021”, sendo esta uma “oportunidade de estabelecer e consolidar a sua organização interna através da eleição dos respetivos órgãos”.

No evento, adiantou o partido, estarão representantes do PS, PAN, Iniciativa Liberal, Livre, RIR (Reagir, Incluir, Reciclar) e ANAFRE (Associação Nacional de Freguesias), bem como o eurodeputado Francisco Guerreiro (ex-PAN).

O congresso será adaptado às circunstâncias da pandemia da covid-19, com a utilização obrigatória de máscara para todos os presentes na sala bem como a disponibilização de álcool gel, segundo comunicado.

A 25 de junho, o Tribunal Constitucional (TC) aceitou a inscrição do Volt Portugal como partido político, que se tornou na 25.ª força política em Portugal, vendo assim concretizado um processo que iniciou em outubro de 2019, com a entrega de 9000 assinaturas.

O Volt é um “movimento pan-europeu” que surgiu internacionalmente em março de 2017, como reação ao ‘Brexit’.

O novo partido assume uma “ligação forte” aos valores europeístas e defende que as melhores soluções para os problemas da sociedade devem ser postas em prática, independentemente da proximidade política ao espetro político tradicional de direita ou esquerda.

O movimento, que surgiu em Portugal a 28 de dezembro de 2017, conta com um eurodeputado no Parlamento Europeu, Damian Boeselager, eleito pelo Volt Alemanha nas eleições de maio de 2019.

Andrea Venzon é o fundador do movimento ‘Volt Europa’, que também já é partido político na Alemanha, Bulgária, Bélgica, Espanha, Holanda, Itália, Áustria, Luxemburgo, Dinamarca, França, Reino Unido e Suécia.

O I Congresso do Volt Portugal decorre no sábado no grande auditório do ISCTE (Instituto Universitário de Lisboa).

*LUSA

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

Edição de Outubro do EXPRESSO do Oriente

Já circula por Lisboa a edição de Outubro do EXPRESSO do Oriente onde se destaca o aniversário da Polícia Judiciária, são já 75 anos ao serviço...

Espectáculo “À deriva” da Ajidanha novamente premiado

Na cerimónia de encerramento do XXVIII Certamen de Teatro "Raúl Moreno Molero", em Torrejoncillo (Espanha), no dia 25 outubro, a Ajidanha voltou...

Covid-19: Jogador do Belenenses SAD infetado a poucas horas de jogo com Benfica

Um jogador do Belenenses SAD, cuja identidade não foi revelada, teve um teste positivo para o novo coronavírus, confirmou o clube lisboeta,...

Covid-19: Portugal com mais 27 mortos e 2.447 casos confirmados

Portugal contabiliza hoje mais 27 mortos relacionados com a covid-19 e 2.447 novos casos confirmados de infeção, segundo o boletim epidemiológico da...

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: