15.6 C
Castelo Branco
Quinta-feira, Outubro 22, 2020
No menu items!
Início Regional Antigas escolas no concelho de Proença vão ser transformadas em unidades de...

Antigas escolas no concelho de Proença vão ser transformadas em unidades de alojamento local

Com o objetivo de aumentar e dinamizar a oferta turística no concelho, o Município de Proença-a-Nova vai transformar as Escolas Primárias de Vale da Ursa, Fórneas, Vergão e Corgas em unidades de Alojamento Local, tendo em conta que estes edifícios, que integraram o Plano do Centenário, encontram-se atualmente abandonados depois de, durante décadas, terem acolhido centenas de crianças no início do seu processo de escolarização.

Através da valorização dos edifícios, pretende-se que a Escola volte a abrir portas para receber pessoas.

Assim, existirá uma reorganização e adaptação para que o seu funcionamento contribua para alojar turistas que visitem o concelho, com capacidade para acomodar duas famílias.

Para além dos interiores, também o exterior será transformado com a construção de piscina.

Esta iniciativa insere-se na estratégia de reabilitação urbana do Município que pretende intervir, neste caso concreto, em edifícios icónicos nas aldeias tendo em conta os processos de abandono a que estão votados, contribuindo para reverter esses cenários e incentivar nova vida nas aldeias com a esperada chegada de turistas.

Em muitas outras aldeias, as antigas escolas primárias foram intervencionadas e reconvertidas em sedes das associações locais, acolhendo as suas iniciativas, ou até em Fábrica da Tigelada, no caso da Escola Primária do Pergulho, tendo em conta a fama deste doce nesta zona do concelho.

A Escola Primária de Vale da Ursa será a primeira a ser intervencionada: o projeto de requalificação já realizado pelo Município serviu de base à Prova de Aptidão Profissional de Raquel Antunes, no âmbito do Curso Profissional de Técnico de Turismo Ambiental e Rural da Escola Pedro da Fonseca, na qual apresenta uma análise dos pontos fortes, das fraquezas, das oportunidades e das ameaças, destacando nos pontos positivos a procura de turismo de natureza e o elevado valor paisagístico do local e, no extremo oposto, a sazonalidade do turismo e o despovoamento da aldeia.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

Gelados Lis há quatro décadas a deliciar as gentes de Abrantes

A história dos Gelados Lis remonta ao ano de 1976, pela mão de Paulo Dias, que havia regressado recentemente de Angola.

Deputados do PS questionam Governo sobre intervenção e correção do traçado da EN 238

Os deputados do PS eleitos pelos distritos de Santarém e Castelo Branco questionam o Governo sobre o planeamento de uma intervenção profunda...

Alunos de Idanha-a-Nova participam na gravação de CD

Um grupo de alunos do 6º ano do Agrupamento de Escolas José Silvestre Ribeiro, de Idanha-a-Nova, participou na gravação do CD “The...

Ministro do Ambiente assina contratos amanhã em Castelo Branco

Decorre amanhã, dia 23 de outubro, às 11 horas, na Secretaria de Estado da Conservação da Natureza, das Florestas e do Ordenamento...

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: