15.7 C
Castelo Branco
Terça-feira, Outubro 20, 2020
No menu items!
Início Regional #TUPODES visitar os Museus e Monumentos da Beira Baixa

#TUPODES visitar os Museus e Monumentos da Beira Baixa

Beira Baixa recebe bloggers e jornalistas

#TuPodes redescobrir Portugal. Quem o diz é o Turismo de Portugal. A Beira Baixa quis abraçar este mote e avançou com uma Press& Blog Trip pelos Museus e Monumentos da região.

A Beira Baixa está de portas abertas para receber turistas, cumprindo todas as normas de segurança recomendadas pela DGS.

Para o comprovar, recebeu, nos passados dias 25, 26 e 27 de setembro, um grupo de jornalistas de 4 órgãos de comunicação social nacional e 3 bloggers que vieram “conhecer para promover”.

 “Conhecer”os Museus e Monumentos da região para, mais tarde, “promover” junto do público.

Estátuas do Jardim Episcopal de Castelo Branco

Da rota fizeram parte o Centro de Interpretação do Bordado, o Museu Francisco Tavares Proença Júnior, o Jardim do Paço Episcopal, o Castelo Templário, o Miradouro de São Gens e o Museu Cargaleiro, de Castelo Branco.

Já em Vila Velha de Rodão, os bloggers e jornalistas puderam conhecer o Núcleo Museológico de Perais e embarcar numa experiência de barco que lhes deu a conhecer as gravuras rupestres da região.

Para terminar a experiência, conheceram o Centro Ciência Viva e Floresta, o Museu Isilda Martins e a Aldeia de Figueira, em Proença-a-Nova.

Beira Baixa: um destino “Clean & Safe”

O atual contexto de pandemia não passou ao lado da Comunidade Intermunicipal que pautou sempre pela segurança dos participantes, garantindo o cumprimento das normas impostas pela DGS.

Na chegada dos participantes à região, foi entregue um kit composto, entre outras coisas, por 4 máscaras e um frasco de álcool gel.

Além do reduzido número de participantes, as visitas guiadas foram organizadas em dois grupos, de 6 pessoas cada um.

Foi disponibilizado um autocarro com dimensões adequadas para as deslocações em segurança.

As refeições, ao contrário do que costuma acontecer, pautaram-se pelo distanciamento social.

“3 DIAS. 3 EXPERIÊNCIAS”EM PORMENOR

A primeira paragem do roteiro realizou-se em Castelo Branco, onde os participantes visitaram o Centro de Interpretação do Bordado, seguiram depois para o Museu Francisco Tavares Proença Júnior.

O primeiro dia terminou no Jardim do Paço Episcopal, local obrigatório de visita para qualquer turista que passe pela região.

A visita foi conduzida, novamente, pelos dois guias que acompanharam os grupos.

Jardim Espiscopal de Castelo Branco

Neste exemplo de estilo barroco destacam-se os balcões e varandas com guardas de ferro e balaústres.

Destaca-se, também, o lago de grande dimensão, que se acredita ter sido local de lazer do bispo.

O sábado começou com uma viagem no tempo, na visita ao Castelo Templário e ao Miradouro de S. Gens.

O bom tempo permitiu a vista panorâmica sobre a cidade, de onde se observa a Serra da Estrela e a Serra da Gardunha.

A manhã terminou com a visita aos dois edifícios que constituem o Museu Cargaleiro.

A tarde de sábado foi dedicada ao Contrabando, em Vila Velha de Ródão.

Vila Velha de Ródão

Depois da visita ao Núcleo Museológico de Perais, seguiu-se um passeio de barco pelo Rio Tejo, com observação das gravuras rupestres.

Um encontro perfeito entre a cultura e a natureza.

O último dia da Press& Blog Trip começou no Centro Ciência Viva e Floresta, em Proença-a-Nova, que integra a rede nacional de museus da Ciência Viva e abriu ao público em 2007, com a temática central relacionada com a sensibilização ambiental.

Seguiu-se a visita a mais um núcleo museológico da Raia, o Museu Isilda Martins, que nasceu da vontade da antiga professora, ainda hoje viva, de reunir o espólio identitário mais importante da localidade.

Centro de Ciência Viva de Proença-a-Nova

A experiência terminou com uma visitada guiada à Aldeia de Xisto de Figueira, que se pensa ser a única a manter a forma original (redonda e oval).

Aqui o destaque vai para o forno comunitário que servia como ponto de encontro dos antigos habitantes da aldeia.

Nos dias de hoje, o forno continua com um cariz fortemente comunitário, onde são cozinhados o pão, o cabrito e a tigelada, que servem o restaurante da Aldeia para deleite de qualquer visitante.

A Comunidade Intermunicipal da Beira Baixa faz, assim, um balanço bastante positivo da iniciativa.

Este tipo de iniciativas, articuladas com os Municípios e entidades privadas, permitiram à Beira Baixa classificar-se como a segunda sub-região do Centro de Portugal com maior taxa de ocupação.

A Press& Blog Trip pelos Museus e Monumentos da Beira Baixa é iniciativa da Comunidade Intermunicipal da Beira Baixa (CIMBB) realizada no âmbito do projeto “Beira Baixa: 3 Dias, 3 Experiências” e conta com o apoio do Turismo Centro de Portugal, Centro2020, Portugal2020 e União europeia através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

Setor terciário está em rotura total em Portugal

54% DOS PRESTADORES DE SERVIÇOS EM PORTUGAL NÃO GANHOU €1 NO 3º TRIMESTRE A pandemia e Estado de...

Giro: João Almeida reforça liderança após 16.ª etapa ganha por Jan Tratnik

O português João Almeida (Deceuninck-QuickStep) reforçou hoje a camisola rosa, numa 16.ª etapa da Volta a Itália em bicicleta ganha pelo esloveno...

EUA/Eleições: Segundo debate televisivo tenta evitar caos do primeiro confronto

O segundo debate de campanha para as presidenciais dos EUA, na quinta-feira, terá microfone fechado para o candidato que não estiver a...

Idanha-a-Velha recebe o evento “Nas Terras do Rei Wamba… Há Sementes!”

Dia 31 de outubro A Aldeia Histórica de Idanha-a-Velha vai receber no dia 31 de outubro o evento...

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: