19.4 C
Castelo Branco
Quarta-feira, Outubro 21, 2020
No menu items!
Início Nacional Portugal Fashion: Evento regressa ao Porto com menos 80% do público nos...

Portugal Fashion: Evento regressa ao Porto com menos 80% do público nos desfiles

O Portugal Fashion regressa na quinta-feira ao Porto com um corte de 80% no número de espectadores e num modelo especial onde se vão conjugar desfiles presenciais ao ar livre e desfiles via Internet devido à covid-19.

Em ano de celebrar o 25.º aniversário e após o evento ter sido suspenso em março por causa do coronavírus, o Portugal Fashion regressa agora para três dias dedicados à moda portuguesa com desfiles no edifício da Alfândega do Porto, mas também no Hotel Neya e no Café Vogue, num modelo de apresentação diferente do habitual devido à pandemia com o corte de 80% no público nos desfiles presenciais e a realização de outras apresentações ‘online’.

O primeiro dia arranca às 12:00, com a apresentação da nova coleção primavera/verão 2020/21 da marca portuguesa Sophia Kah. O desfile, que vai decorrer no Neya Porto Hotel, com vista para o rio Douro e a 350 metros do edifício da Alfândega do Porto, vai ter um número limitado de público, com acesso só por convite.

O Portugal Fashion continua durante toda a tarde no edifício da Alfândega, com desfiles presenciais do jovem ‘designer’ João Sousa (14:00), no espaço Bloom, seguido pelo desfile presencial e em formato vídeo do ‘designer’ David Catalán (15:00), e depois o desfile presencial de Vírus e Carolina Sobral (16:00), no espaço Bloom.

A ‘designer’ Katty Xiomara apresenta a sua nova coleção às 17:00 num modelo de desfile presencial e em vídeo, seguida pelo desfile também presencial do criador Estelita Mendonça (18:00).

O primeiro dia da 47.ª edição do Portugal Fashion encerra com o desfile da marca portuguesa Ernest W. Baker – estreante no Portugal Fashion -, que fez parte, em julho, do calendário oficial da Semana de Moda de Paris, e está à venda em Itália, Canadá, Japão, Hong Kong, China e Coreia do Sul

Para a diretora do Portugal Fashion, Mónica Neto, talvez nunca como nunca nestes 25 anos de Portugal Fashion foi tão importante “proteger o talento nacional”. “Não me parece que haja melhor maneira do que esta de assinalar o 25.º aniversário”, considerou.

O segundo dia do Portugal Fashion vai ter como “cabeça de cartaz” o desfile do ‘designer’ Miguel Vieira, que vai acontecer a partir das 20:30 no café Vogue, junto à Praça Filipa de Lencastre e à Avenida dos Aliados.

Ainda no dia 16 de outubro estão previstos decorrer os desfiles presenciais de Inês Torcato (15:00), de Maria Gambina (17:00) e da marca Pé de Chumbo (18:00), na Alfândega.

A ‘designer’ Susana Bettencourt estará no Hotel Neya às 12:00 para se apresentar via digital e por marcação. A marca de joias Together We Stand apresenta os seus novos trabalhos pelas 12:30, também no Neya Porto Hotel, via digital e por convite.

O último e terceiro dia da 47.ª edição do PF termina na Alfândega do Porto com os desfiles presenciais da dupla de ‘designers’ Alves/Gonçalves (20:00), Luís Onofre (18:00), Hugo Costa (15:00), Júlio Torcato (14:00) e Alexandra Moura (12:30).

Para amortecer os efeitos da crise sanitária e económica na fileira da moda, o Portugal Fashion destaca três iniciativas direcionadas para a promoção de vendas e a dinamização de negócios, designadamente o protocolo com a Câmara Municipal do Porto, acordos com plataformas de ‘e-commerce’ e a parceria com a Lupabiológica.

O Portugal Fashion e a Câmara Municipal do Porto assinaram um protocolo que define o “apoio institucional” da autarquia ao evento, garantindo recursos acrescidos para reforçar a posição daquela organização no ecossistema de moda nacional e internacional, fortalecendo “dinâmicas da cidade/região enquanto ‘hub’ de inovação, empreendedorismo, manufatura, exportações, criatividade e cultura”, explica a estrutura.

A 46.ª edição, em março, foi interrompida, no âmbito da prevenção da pandemia de covid-19.

O Portugal Fashion é um projeto da responsabilidade da Associação Nacional de Jovens Empresários, que conta com o apoio dos seus parceiros estratégicos e é cofinanciado pelo Portugal 2020, no âmbito do Compete 2020 – Programa Operacional da Competitividade e Internacionalização, com fundos provenientes da União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

*LUSA

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

Mercado livreiro recupera “significativamente” após-confinamento e reduz perdas a 7,5ME

A venda de livros em Portugal recuperou "algum fôlego" da queda abrupta que registou devido à pandemia, mas ainda assim continua com...

Covid-19: Clube Desportivo de Alcains tem 12 jogadores infetados

O Clube Desportivo de Alcains (CDA), sediado na vila de Alcains, no concelho de Castelo Branco, tem 12 jogadores da equipa de...

Covid-19: Época balnear de 2020 teve mais salvamentos mas há mortes a lamentar

Na época balnear de 2020 houve mais salvamentos nas praias portuguesas do que em 2019, mas continuam a existir mortes a lamentar...

Museu Municipal de Penamacor é uma das duas entidades portuguesas a integrar Grupo Ibero-americano

O Museu Municipal de Penamacor vai participar, enquanto entidade colaboradora, no 1º Fórum Internacional do Grupo Salamanca de Investigación en Museos y...

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: