6.6 C
Castelo Branco
Quinta-feira, Dezembro 9, 2021
No menu items!
InícioRegionalCâmara de Idanha-a-Nova reforça parceria com Associação Nacional de Farmácias

Câmara de Idanha-a-Nova reforça parceria com Associação Nacional de Farmácias

A Câmara Municipal de Idanha-a-Nova reuniu no dia 22 de outubro com dirigentes da Associação Nacional de Farmácias, numa visita desta organização ao concelho para divulgar o trabalho que tem sido realizado pelas farmácias durante a pandemia.

O vereador João Carlos Sousa teve oportunidade de apresentar as políticas de saúde desenvolvidas pela CâmaraMunicipal de Idanha-a-Nova, as quais privilegiam a equidade, a qualidade e a proximidade dos cuidados de saúde prestados à população.

João Carlos Sousa reconheceu também o papel importante que as farmácias têm desempenhado, em particular nos últimos meses: “Temos quatro farmácias e quatro postos de medicamentos no concelho, que oferecem uma elevada cobertura e prestam um serviço essencial para as nossas populações. A Câmara Municipal de Idanha-a-Nova tem colaborado sempre com as farmácias, sobretudo em programas de apoio aos munícipes no acesso a medicamentos, e continuaremos a fazê-lo com parcerias que garantam uma saúde de qualidade e acessível a todos”.

Uma das parcerias em curso é o Programa Abem – Rede Solidária do Medicamento que, no âmbito de um protocolo estabelecido entre a Câmara Municipal de Idanha-a-Nova e a Associação Dignitude, permite aos munícipes financeiramente mais vulneráveis aceder de forma gratuita aos medicamentos prescritos.

A Associação Nacional de Farmácias esteve representada na reunião por Sofia Valada e Francisco Pires, que apresentaram alguns dos projetos desenvolvidos em contexto de pandemia.

Destaque para a linha telefónica gratuita criada pela Associação Nacional de Farmácias.

Através do número 1400 é possível saber qual a farmácia de serviço mais próxima, encomendar ou confirmar a disponibilidade de stock do medicamento pretendido, e requerer a entrega ao domicílio por farmácias que prestam esse serviço.

Em simultâneo, todas as pessoas, particularmente as mais desprotegidas, puderam ter o apoio da Operação Luz Verde, que assegurou a entrega de medicamentos hospitalares nas farmácias de proximidade dos utentes.

A administração gratuita da vacina contra a gripe, para pessoas com mais de 65 anos, é outro dos serviços queestão a ser prestados nas farmácias.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: