8.3 C
Castelo Branco
Quarta-feira, Novembro 25, 2020
No menu items!
Início Regional Museu do Quartzo, em Viseu, expõe histórias e testemunhos sobre a exploração...

Museu do Quartzo, em Viseu, expõe histórias e testemunhos sobre a exploração mineira em Santa Luzia

“Do bronze ao aço” inaugura este domingo, dia 25. Exposição propõe uma viagem no tempo e na história do imponente Castro de Santa Luzia

No próximo domingo, dia 25 de outubro, o Museu do Quartzo – Centro de Interpretação Prof. Galopim de Carvalho abre portas a uma nova exposição temporária, revelando novos capítulos de uma história que remonta à Idade do Bronze e à ligação umbilical entre o Castro de Santa Luzia e as explorações mineiras aqui realizadas ao longo dos anos.

A exposição, intitulada “Do bronze ao aço”, inaugura pelas 16 horas e conta com a presença do Vereador da Cultura e Património do Município de Viseu, Jorge Sobrado, e do curador da exposição, Pedro Sobral de Carvalho.

Nesta proposta, os visitantes são convidados a viajar no tempo e a conhecer a história daquela que foi uma das mais importantes minas de quartzo no país. 

O Castro de Santa Luzia é hoje um marco importante do património natural do concelho de Viseu, que abraça o Museu do Quartzo, mas é também ele uma “janela” privilegiada para o interior da terra e a sua riqueza mineral que, desde os finais da Idade do Bronze, há três mil anos, aqui atraiu grandes explorações metalúrgicas – nesta época com particular enfoque na extração do estanho, tendo em vista a execução da liga binária de bronze.

A estreia desta exposição traz também a público um olhar atento à história da Companhia Portuguesa de Fornos Elétricos, de Canas de Senhorim, que entre os anos de 1961 e 1986 aqui se instalou para explorar toneladas de quartzo, que transformava em ferro-silício, para uso no setor metalúrgico.

“Do bronze ao aço” procura ainda aproximar o visitante da sua narrativa, proporcionando uma componente audiovisual na qual são apresentados testemunhos de pessoas que, ao longo dos anos, estiverem envolvidas, a vários níveis, na história do Castro de Santa Luzia. 

É o caso do historiador e arqueólogo Alberto Correia, responsável pela condução dos trabalhos de arqueologia aqui realizados nos anos 80, enquanto decorria a exploração do quartzo, de Idálio Ferreira e Hermínio Silva Dias, outrora trabalhadores da Companhia Portuguesa de Fornos Elétricos e Maria da Glória Lopes, que nos apresenta o seu testemunho sobre o outro lado das explorações e o seu impacto no quotidiano da comunidade e dos moradores da zona à época.

Tendo em vista o cumprimento de todas as normas estipuladas pela Direção-Geral de Saúde, nomeadamente de distanciamento social, a participação na inauguração é limitada e sujeita a inscrição prévia, a qual pode ser realizada online, na página de Facebook dos Museus de Viseu.

O uso de máscara é obrigatório, assim como a respetiva higienização das mãos, estando para isso ao dispor equipamentos de desinfeção no espaço.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

Morreu Diego Armando Maradona

Diego Armando Maradona, considerado um dos melhores futebolistas da história, morreu hoje na sua residência, na Argentina, aos 60 anos, anunciou o...

LE: Benfica confirma ‘positivo’ de Taarabt e Jesus chama jogadores da formação

O Benfica confirmou hoje a infeção pelo novo coronavírus do futebolista Adel Taarabt, que se junta aos indisponíveis Julian Weigl e Darwin...

Covid-19: Morreu Reinaldo Teles, histórico dirigente do FC Porto

Reinaldo Teles, histórico dirigente do FC Porto e administrador não-executivo da SAD do campeão português de futebol, morreu hoje, aos 70 anos,...

Concurso “Presépios de Natal” regressa a Castelo Branco com a 14ª edição

Está de volta o concurso “Presépios de Natal”, promovido pela Câmara deCastelo Branco, através da Biblioteca Municipal, este ano em formato onlineface...

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: