6.7 C
Castelo Branco
Terça-feira, Dezembro 1, 2020
No menu items!
Início Regional Casinha da Música em Idanha-a-Nova dá aulas de viola a crianças e...

Casinha da Música em Idanha-a-Nova dá aulas de viola a crianças e jovens

Idanha-a-Nova, Cidade Criativa da Música da UNESCO, tem mais uma oferta musical: aulas de viola para crianças e jovens.

O projeto Casinha da Música, criado pelos músicos Joaquim Martins e Eduardo Lopes, está a dar aulas de viola em Idanha-a-Nova.

É a mais recente proposta para aprender a tocar um instrumento na localidade, numa oferta não informal e acessível.

As aulas funcionam num espaço cedido pela Câmara Municipal de Idanha-a-Nova, no recinto da Feira Raiana.

Semanalmente, um grupo de crianças, por agora apenas quatro para cumprir as medidas de segurança, vai aprendendo os primeiros acordes em violas cedidas pela autarquia.

Joaquim Martins conta que “o projeto nasceu do desafio feito por uma mãe com um filho que gostava de aprender a tocar viola e eu, mais o músico Eduardo Lopes, iniciámos então estas aulas. Entretanto, foram surgindo mais crianças e jovens interessados e o projeto está aberto a novas inscrições”.

Eduardo Lopes e Joaquim Martins, com percursos ligados a bandas idanhenses como a União Portuguesa e os Moços do Adro, salientam o entusiasmo das crianças.

“Nas aulas estão a aprender muito bem, eem casa, o feedback que recebemos dos pais é que os filhos passam agora menos tempo ao telemóvel ou ao computador e dedicam-se a praticar um instrumento musical”.

Com o crescimento, o projeto poderá evoluir para um espaço maior.

Numa parceria com a Filarmónica Idanhense, Eduardo Lopes e Joaquim Martins têm aindao objetivo de alargar a oferta para a aprendizagem de bateria, baixo e guitarra elétrica.

A Câmara Municipal de Idanha-a-Nova apoiaa Casinha da Música através da cedência do espaço onde decorrem as aulas e da cedência de violas e acessórios do instrumento.

Armindo Jacinto, presidente da autarquia, afirma que o novo projeto “está perfeitamente alinhado com a estratégia de Idanha-a-Nova enquanto Cidade Criativa da UNESCO na área da Música, que tem proporcionado o acesso à aprendizagem de músicanas diferentes freguesias: desde os mais novos, logo no Berçário, aos cidadãos com mais idade, na Universidade Sénior”.

O autarca lembra que “a música enriquece a nossa vida, ajuda-nos a sermos melhores cidadãos, independentemente de seguirmos ou não uma carreira musical. Auxilia-nos nos estudos, no trabalho, na vida”.

“Espero que usufruam destas aulas e que tirem bom partido desta oportunidade”, afirmou ainda Armindo Jacinto, numa mensagem transmitida aos jovens alunos de viola, durante uma das aulas mais recentes.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

Nuno Borges afastado por favorito no regresso ao Maia Open; quarteto português em destaque na terça-feira

Maiato não conseguiu surpreender adversário mais cotado Sousa, Domingues, Oliveira e Elias prontos para as estreias

Covid-19: Empresários da restauração iniciam vigília por tempo indeterminado no Porto

Empresários da restauração do Porto iniciaram esta noite, defronte da Câmara do Porto, uma vigília por tempo indeterminado até o Governo discutir...

Vereadores do PSD visitaram o ...

Os vereadores do PSD visitaram no passado dia 28.11.2020, por solicitação dos mesmos, o Kartódromo de Castelo Branco, os quais contaram com...

Covid-19: Maior controlo nas fronteiras não foi eficaz para conter o vírus

O ministro da Administração Interna considerou hoje que o maior controlo nas fronteiras internas do espaço Schengen, durante os primeiros meses da...

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: