6.7 C
Castelo Branco
Terça-feira, Dezembro 1, 2020
No menu items!
Início Nacional Covid-19: BE afasta para já estado de emergência e defende requisição civil...

Covid-19: BE afasta para já estado de emergência e defende requisição civil na saúde

A coordenadora do BE afastou para já a necessidade de um novo estado de emergência e defendeu que o Governo utilize toda a capacidade instalada na saúde, se necessário recorrendo à requisição civil dos setores privado e social.

“Lembro que o estado de emergência é uma medida de última linha, que tem uma vigência de 15 dias e que esta pandemia vai demorar longos meses. É desejável e possível encontrarmos outros mecanismos para tomar medidas que possam proteger a população”, defendeu Catarina Martins, no final de uma reunião de perto de uma hora com o primeiro-ministro, António Costa.

Em alternativa, a líder do BE defendeu que toda “a capacidade instalada da saúde” deve ser colocada na alçada do Ministério da Saúde, “privada e social, tanto na resposta à covid como não covid” e manifestou-se disponível para outras medidas que tenham de ser aprovadas pela Assembleia da República.

Questionada se o Governo deveria avançar já com uma requisição civil, a líder bloquista defendeu que a Lei de bases da Saúde, anterior e atual, “já prevê que em situação de pandemia seja utilizado” este instrumento, que permite um pagamento “justo” do serviço.

Sobre as medidas que serão anunciadas no sábado pelo Governo, Catarina Martins apenas disse que têm dois objetivos, que considerou “comuns a todos”.

“Por um lado, preservarmos a resposta da saúde numa pandemia ainda prolongada durante meses. Têm de ser as medidas possíveis e eficazes durante um período prolongado”, defendeu.

Por outro lado, Catarina Martins adiantou que o Governo tem um objetivo de mais curto prazo e que “tem razão de ser”: “Conseguir controlar estes números a tempo de as famílias terem os seus encontros de Natal em maior segurança”, explicou, sem detalhar mais.

Catarina Martins foi a segunda líder partidária a ser recebida em São Bento, num dia em que António Costa ouve todos os nove os partidos com representação parlamentar para procurar um consenso para a adoção de medidas imediatas de combate à pandemia de covid-19, que tem registado um continuado aumento em Portugal.

As medidas a tomar pelo Governo serão depois anunciadas por António Costa, no sábado, no final de uma reunião do Conselho de Ministros extraordinária.

Na quinta-feira, Portugal ultrapassou os 4.000 casos diários de infeção com o novo coronavírus, registando 4.224 novos casos, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS), que contabilizou também 33 mortos associados à doença covid-19.

*LUSA

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

Nuno Borges afastado por favorito no regresso ao Maia Open; quarteto português em destaque na terça-feira

Maiato não conseguiu surpreender adversário mais cotado Sousa, Domingues, Oliveira e Elias prontos para as estreias

Covid-19: Empresários da restauração iniciam vigília por tempo indeterminado no Porto

Empresários da restauração do Porto iniciaram esta noite, defronte da Câmara do Porto, uma vigília por tempo indeterminado até o Governo discutir...

Vereadores do PSD visitaram o ...

Os vereadores do PSD visitaram no passado dia 28.11.2020, por solicitação dos mesmos, o Kartódromo de Castelo Branco, os quais contaram com...

Covid-19: Maior controlo nas fronteiras não foi eficaz para conter o vírus

O ministro da Administração Interna considerou hoje que o maior controlo nas fronteiras internas do espaço Schengen, durante os primeiros meses da...

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: