13.5 C
Castelo Branco
Quarta-feira, Maio 12, 2021
No menu items!
InícioRegionalCâmara de Idanha-a-Nova aprova apoios com impacto de 400 Mil Euros na...

Câmara de Idanha-a-Nova aprova apoios com impacto de 400 Mil Euros na economia local

A Câmara Municipal de Idanha-a-Nova aprovou um pacote de medidas de apoio à atividade económica, com um impacto de 400 Mil Euros na economia local, para combater os efeitos da pandemia de COVID-19.

“Acabamos de lançar um conjunto de medidas muito concretas, com efeitos a curto e médio prazo, que visam o apoio imediato à tesouraria, a mitigação dos efeitos da crise e o relançamento da atividade económica, em especial do turismo, da restauração e da hotelaria”, afirma o presidente da Câmara de Idanha-a-Nova.

Armindo Jacinto adianta que “estas medidas têm um impacto total de 400 Mil Euros na economia local, e representam um forte investimento da Câmara de Idanha-a-Nova para apoiaro tecido empresarial do nosso concelho, nesta altura em que mais precisa”.

Assim, a Câmara de Idanha-a-Nova vai implementar a campanha Idanha em Família, que inclui a oferta de um Vale de Natal, no valor de 50 Euros, aos 345 funcionários da autarquia para usufruto em família num dos restaurantes aderentes do concelho.

A medida, que surge da impossibilidade da realização do tradicional Jantar de Natal, será alargada aos 135 colaboradores da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Idanha-a-Nova, totalizando cerca de 500 Vales de Natal.

Numa fase difícil para a restauração, esta medida traduz-se num apoio importante para o sector, que tem sido um dos mais afetados pelo impacto económico da COVID-19.

A campanha Idanha em Famíliacontempla ainda1000 Cabazes de Produtos Regionais da Bio-Regiãode Idanha-a-Nova, no valor unitário de 25 Euros, para oferta a cada família que pernoite 2 noites, em Meia Pensão, nas unidades de alojamento do concelho.

Junto ainda das unidades de alojamento, a autarquia vai dinamizar vários programas de animação para toda a família.

Serão disponibilizados às unidades de alojamento filmes e documentários, workshops e livros, entre outros materiais,e será oferecido o Passaporte Idanha a todos os visitantes.

Os restaurantes do concelho de Idanha-a-Nova vão receber um Gerador de Ozono, para purificação e desinfeção de ambientes.

Um equipamento que também será disponibilizado para utilização das unidades de alojamento.

A autarquia vai ainda entregar aos restaurantes e unidades de alojamento novos equipamentos de proteção individual e de higienização, para reforçar as medidas de segurança e prevenção que já são garantidas nestes espaços.

Em paralelo, a Câmara de Idanha-a-Nova implementou novos benefícios e isenções fiscais para o tecido económico.

A saber:

  • não aplicar a atualização do coeficiente dos diversos tipos de arrendamento urbano e rural, no ano civil de 2021;
  • proceder à redução de 50% no valor das rendas a cobrar pelo Município de Idanha-a-Nova aos empresários e empresas com sede fiscal neste concelho, comprovada à data de 18/11/2020, e desde que tenham a sua situação financeira regularizada com o Município de Idanha-a-Nova. A referida redução será aplicada no decurso de seis meses, com início em janeiro de 2021. Pretende-se ainda que esta medida seja um exemplo a seguir pelo sector privado, no sentido de ser aplicada de forma idêntica pelos proprietários dos imóveis destinados a atividades comerciais ou empresariais;
  • proceder à isenção das taxas fixas de abastecimento de água, saneamento e recolha de resíduos sólidos urbanos aos utilizadores não domésticos, da indústria e comércio, com sede fiscal no concelho de Idanha-a-Nova, comprovada à data de 18/11/2020, e desde que tenham a sua situação financeira regularizada com o Município de Idanha-a-Nova. A referida isenção será aplicada no decurso de seis meses, com início em dezembro de 2020;
  • proceder à isenção das taxas a aplicar no Mercado Municipal(bancas), feiras e mercados da competência do Município de Idanha-a-Nova a todos os feirantes e comerciantes, desde que tenham a sua situação financeira regularizada com este Município. A referida isenção será aplicada no decurso de seis meses, com início em dezembro de 2020.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: