15.6 C
Castelo Branco
Segunda-feira, Novembro 23, 2020
No menu items!
Início Internacional Covid-19: Espanha e Alemanha começam a vacinar população em janeiro

Covid-19: Espanha e Alemanha começam a vacinar população em janeiro

O presidente do Governo espanhol, Pedro Sánchez, disse hoje que Espanha e Alemanha serão os únicos países europeus a ter um plano estruturado para iniciar a vacinação da população contra a covid-19 já a partir de janeiro de 2021.

De acordo com as explicações do líder do governo, que falou à comunicação social após a reunião virtual do G20, o plano de vacinação espanhol deve ser aprovado pelo Conselho de Ministros já na terça-feira e assenta em cinco eixos de atuação, dos quais sobressaem a definição de 13.000 pontos de vacinação e uma estratégia nacional única, desenvolvida por um grupo multidisciplinar de peritos.

“Todos os anos, 10 milhões de pessoas são vacinadas em Espanha contra a gripe. Por conseguinte, considera-se que o Sistema Nacional de Saúde está preparado para atingir este objetivo. Um exemplo: este ano, em oito semanas, 14 milhões de pessoas foram vacinadas”, referiu Sánchez, assegurando que os grupos considerados prioritários vão ter acesso à vacina.

Paralelamente, o chefe de Governo espanhol avançou que o país está já a criar condições logísticas para garantir “a temperatura necessária” para a conservação da vacina, que, no caso da BioNTech/Pfizer, exige uma temperatura de 70 graus negativos.

A União Europeia já assinou contratos com as empresas farmacêuticas AstraZeneca, Sanofi, Janssen e BioNTech/Pfizer para mil milhões de doses expansíveis, a assinatura com a CureVac estará iminente e as negociações com Moderna para 400 milhões de vacinas adicionais estão numa fase muito avançada. Espanha, segundo Sánchez, será responsável por 10% dessas doses que a União Europeia poderá colocar à disposição dos países membros.

Os números oficiais da pandemia de covid-19 em Espanha apontam para 1.556.730 casos e 42.619 mortes. Os dados anunciados no sábado pelo ministério espanhol da Saúde reportaram 15.156 novas infeções e mais 328 óbitos, apesar de a transmissão do vírus estar a descer há pelo menos 11 dias e a incidência acumulada fosse de 419 casos por 100.000 habitantes.

No entanto, Sánchez vincou que a incidência acumulada de casos do novo coronavírus é inferior a 400 casos por 100.000 habitantes em 14 dias, um número que será divulgado na segunda-feira e que, para o líder do governo, demonstra a eficácia das restrições impostas pelo estado de emergência em vigor no país.

Espanha é o sexto país do mundo em termos de casos desde o início da pandemia e fica apenas atrás de Estados Unidos (mais de 12 milhões), Índia (mais de nove milhões), Brasil (mais de seis milhões), França (2,1 milhões) e Rússia (mais de dois milhões).

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.381.915 mortos resultantes de mais de 58,1 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

*LUSA

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

Quartel dos Bombeiros recebeu reunião do Posto de Comando Municipal de Operações de Proteção Civil de Tomar

Decorreu esta manhã, no Quartel dos Bombeiros, a reunião semanal do Posto de Comando Municipal de Operações de Proteção Civil de Tomar,...

IPCB forma primeiros especialistas no âmbito do Programa UPskill

No périplo que estão a fazer pelo país, os responsáveis do Programa Upskill – Digital Skills& Jobs conferenciaram com os formandos e...

Fernando Jorge Presidente da Câmara de Oleiros emite mensagem aos munícipes

O Presidente da Câmara Municipal de Oleiros emitiu um comunicado, dirigido aos seus munícipes que transcrevemos na íntegra. Estimados...

Bolsas de apoio ajudam na comparticipação dos encargos num curso superior

Filhos de colaboradores da Valnor recebem bolsas de estudo No âmbito do Programa de Bolsas de Estudo 2020/2021,da...

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: