11.9 C
Castelo Branco
Segunda-feira, Janeiro 25, 2021
No menu items!
Início Internacional Beirã monsantina eleita presidente da Casa da Europa em Estrasburgo

Beirã monsantina eleita presidente da Casa da Europa em Estrasburgo

A monsantina Fernanda Gabriel, jornalista, é a nova presidente da Casa da Europa, em Estrasburgo.

A Casa da Europa, cujo primeiro projeto nasceu na Alemanha, teve origem nos finais de 1949, com o objetivo de criar laços entre os povos e facilitar a reconciliação, depois das atrocidades da Segunda Guerra Mundial (1939-1945).

Desde essa altura vem permitindo aos cidadãos tomar consciência da dimensão europeia desta cidadania.

Em Estrasburgo, cidade localizada num eixo sensível da história europeia, após eleições, na Casa da Europa, assumiu as funções de nova presidente, Fernanda Gabriel, jornalista experiente em matéria de política europeia.

Esta, para além de correspondente da RTP em Estrasburgo, onde há muitos anos acompanha os trabalhos das instituições europeias como o Conselho da Europa e o Parlamento Europeu e onde vem animando um programa semanal da RTP2 sobre a citada temática, tem trabalhado na imprensa escrita para a LUSA, Diário de Notícias e a revista inglesa The Parliament Magazine, assim como para a RDP e a BBC.

Fernanda Gabriel

A jornalista Fernanda Gabriel nasceu em Monsanto da Beira, a aldeia histórica e a mais portuguesa, sita no concelho de Idanha-a-Nova.

As suas primeiras emoções e o seu despertar para a Europa, começaram aos 13 ou 14 anos, quando um professor da Universidade belga de Louvain permaneceu em Monsanto, uma ou duas semanas com alunos.

No contacto, durante as tardes com o grupo de jovens estudantes belgas, depressa começou a interessar-se pela Europa e a praticar francês.

Tempos depois, a seguir ao 25 de Abril, decidiu prosseguir estudos na Europa.

Fernanda Gabriel é licenciada em Literatura Portuguesa pela Universidade Paul Valéry de Montpellier, com uma especialização em literatura brasileira e africana de expressão portuguesa, e estudou jornalismo na Universidade de Estrasburgo.

Ex-presidente da Associação dos Jornalistas Parlamentares Europeus, presidente honorária do Clube da Imprensa de Estrasburgo ao qual presidiu durante vários anos, membro do Rotary Club de Estrasburgo, a jornalista portuguesa desempenhou, igualmente, durante três mandatos as funções de vereadora Municipal e Comunitária de Estrasburgo. 

Em Portugal, é membro fundador do Clube de Reflexão “Cidadania”, presidido pelo poeta e político Manuel Alegre e uma das gestoras do Jornal do Fundão.

É autora do livro “O Parlamento Europeu Mário Soares, que foi lançado na Fundação Mário Soares e apresentado no auditório dos serviços da Presidência do Instituto Politécnico de Castelo Branco.

Em 2017, é galardoada em Atenas com o prémio de jornalismo europeu Konstantinos Kalligas.

Num artigo do Clube de Imprensa sobre o prémio europeu Konstantinos Kalligas, que recompensa o trabalho de jornalistas “em prol da Europa”, é referido que o mesmo foi atribuído e entregue à jornalista de primeira água Fernanda Gabriel, em Atenas, pelo presidente da República grego, na presença do embaixador de Portugal.

A citada jornalista monsantina dedicou o mesmo prémio à colega Daphné Caruana Galiza, jornalista de investigação maltesa assassinada na véspera de o receber.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: