9 C
Castelo Branco
Sábado, Dezembro 4, 2021
No menu items!
InícioRegionalIPG capacita empreendedores para inverter desertificação nas Beiras e Serra da Estrela

IPG capacita empreendedores para inverter desertificação nas Beiras e Serra da Estrela

De uma parceria entre o Politécnico da Guarda, a Associação Aldeia dos Girassóis, a MakeitBetter e a Universidade da Beira Interior nasceu o projeto I3Social – uma incubadora de empresas itinerante que vai passar pelos 15 municípios das Beiras e Serra da Estrela. O objetivo é gerar emprego, aumentar a atividade do território e fixar jovens empresários.

O Instituto Politécnico da Guarda (IPG), em colaboração com a Universidade da Beira Interior, irá capacitar a população ativa da região das Beiras e Serra da Estrela para o empreendedorismo e para o lançamento dos seus próprios negócios.

A iniciativa, inserida no projeto de inovação social I3Social, visa inverter a desertificação e o envelhecimento da população que se verifica na região, através do aproveitamento de recursos e das competências dos agentes locais e da sua cultura colaborativa.

“O projeto I3Social é uma incubadora itinerante para a inovação social, onde os jovens empreendedores podem desenvolver ideias de negócios inovadores, sustentáveis e capazes de garantir um impacto mais duradouro no combate ao despovoamento”, afirma Manuel Salgado, vice-Presidente do IPG e um dos responsáveis pelo projeto.

“O Politécnico da Guarda irá participar neste projeto para capacitar os empreendedores nas áreas das ciências empresariais e da comunicação para que possam lançar os seus próprios negócios e, assim, responder às necessidades do mercado de forma competitiva”.

Financiado por verbas europeias e pelo Programa Operacional para a Inclusão Social e Empresa – POISE, o I3Social nasceu da parceria entre o Politécnico da Guarda, a Associação Aldeia dos Girassóis, a Universidade da Beira Interior e a MakeitBetter – Associação para a Inovação e Economia Social.

O projeto pretende impulsionar iniciativas empreendedoras e criar emprego nos 15 municípios da Comunidade Intermunicipal – CIM das Beiras e Serra da Estrela.

“Haverá vários espaços espalhados pelos 15 municípios prontos para acolher ideias de projetos, ou negócios inovadores do terceiro setor, capazes de gerar serviços públicos e de grande utilidade para a comunidade”, afirma Manuel Salgado.

“Este projeto reforça o importante papel do Instituto Politécnico da Guarda, enquanto Pólo dinamizador de desenvolvimento da Guarda e do Interior”, afirma Joaquim Brigas, presidente do IPG. 

“O envelhecimento da população e o despovoamento do interior continuam a preocupar-nos. Iniciativas deste tipo permitem dinamizar o tecido empresarial e criar redes de cooperação entre instituições de ensino superior e associações da região,as quais conhecem bem as necessidades da população local, para captar jovens empresários para a nossa região e tentar fixá-los”.

O Politécnico da Guarda e a Universidade da Beira Interior irão criar dois manuais orientadores para os empreendedores.

“É uma espécie de guião do empreendedor, com informações sobre empreendedorismo e estratégias inovadoras que contribuem para aumentar a competitividade dos seus negócios”, conclui Manuel Salgado.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: