12.8 C
Castelo Branco
Terça-feira, Janeiro 26, 2021
No menu items!
Início Nacional Portugal assume presidência da Federação Europeia da Rota dos Templários

Portugal assume presidência da Federação Europeia da Rota dos Templários

Tomar, Cidade Templária, na presidência durante o triénio 2021-2023

Portugal, com a Cidade Templária de Tomar, assume hoje a presidência da Federação Europeia da Rota do Templários, uma associação criada em 2016 por Tomar e Aube, uma região em França onde se situa a cidade de Troyes, França, a cidade onde, em 13 de janeiro de 1129, se iniciava o concílio de Troyes que viria a validar a Ordem dos Templários e respetiva Regra.

Tomar, antiga sede da Ordem dos Templários, com o seu Castelo e o Convento de Cristo como monumentos de referência do património templário a nível mundial, assume assim a presidência da Federação Europeia da Rota do Templários para o triénio 2021-2023, dando continuidade ao trabalho de valorização, proteção e promoção da história e herança templária.

A Federação Europeia da Rota do Templários, associação composta por diferentes entidades provenientes de França, Portugal, Itália, Espanha e Inglaterra, pretende fortalecer a “Rota Templária da Europa”, incluindo diversos locais históricos integrados em rede de forma a potenciar o legado templário.

Em processo de candidatura a Itinerário Cultural Europeu (ECI), esta Rota pretende ser uma experiência cultural seguindo os passos dos Templários e afirmar-se cada vez mais como um roteiro de descoberta turística, repleta de história e conhecimento.

Anabela Freitas, Presidente da Câmara Municipal de Tomar, assume a Presidência da Federação Europeia da Rota do Templários, e considera que “Portugal, ao assumir o destino e estratégia da Federação Europeia da Rota do Templários para os próximos três anos, tem uma excelente oportunidade para se estabelecer como um dos principais destinos culturais e turísticos da herança templária em todo o Mundo. A Cidade de Tomar, antiga sede da Ordem dos Templários, vai certamente sair em destaque ao assumir esta presidência e trabalhará intensamente com os outros membros da Federação para reforçar a Rota dos Templários e estabelecer um itinerário ainda mais forte e atrativo. Pretendemos explorar cada vez mais os intercâmbios turísticos, culturais e até escolares para protegermos o legado templários”.

A comissão científica da Rota dos Templários, que assegura a legitimidade patrimonial e cultural, conta também com a presença de seis especialistas portugueses, investigadores, docentes e historiadores.

Mais informações em: https://www.templars-route.eu/pt-pt/

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: