10 C
Castelo Branco
Segunda-feira, Março 1, 2021
No menu items!
Início Nacional Escola de Judo Ana Hormigo faz balanço positivo em 2020, mas alerta...

Escola de Judo Ana Hormigo faz balanço positivo em 2020, mas alerta para o impacto em 2021

Numa semana que foram anunciadas as medidas de confinamento e a Escola de Judo Ana Hormigo restrita a trabalhar apenas presencialmente com os atletas das seleções nacionais, a equipa técnica fez o balanço de 2020, num ano que se perspetivava um salto qualitativo do judo albicastrense.

Fechou-se o ano com 407 federados, 35 árbitros, 6 treinadores e 5 estagiários no clube da ex-atleta olímpica, números bastante motivadores numa modalidade com tradição e de referência em Castelo Branco.

Em termos competitivos, o clube conquistou em 2020 um total de oito medalhas em Campeonatos nacionais, das quais quatro títulos nacionais e uma medalha de bronze nos sub 18,uma medalha de bronze nos sub 21 e outros dois bronzes no Campeonato nacional seniores.

Em participações internacionais foram conquistadas 3 medalhas, um bronze em Espanha no European Cup de Fuengirola, uma prata e um bronze no Torneio Internacional Kyoshi Kobayashi em Coimbra.

No ano 2020 antevia-se uma participação albicastrense nunca antes alcançada em Campeonatos da Europa de Judo, onde a última participação tinha sido de Ana Hormigo, em 2012.

Mas não só de competição vive a Escola de Judo Ana Hormigo.

Estágio da Seleção Nacional – jan2021

Em 2020, estavam cerca de 300 crianças a praticar judo regularmente em 16 núcleos da escola, número que baixou drasticamente desde março, colocando mais de duas centenas de crianças sem acesso à modalidade.

A responsabilidade social deste clube sempre foi notória quer a nível distrital quer a nível nacional, através do Judo Adaptado e do Judo Social com populações desfavorecidas que encontram no judo uma forma de combater a exclusão social. Em 2020 a Escola vence pelo segundo ano, o prémio BPI Capacitar, projeto que agora está suspenso à espera que possa ser colocado em prática.

A escola albicastrense tem ido sempre ao encontro, das diretrizes internacionais para a promoção da atividade física na promoção de hábitos de vida saudável, bem-estar físico e mental e no combate à obesidade infantil.

No que diz respeito à equidade de género no desporto, o clube albicastrense com uma Direção liderada maioritariamente por mulheres promove o judo para cerca de 170 atletas femininas, número bastante significativo a nível nacional.

Salienta-se também que a albicastrense Ana Hormigo está ao comando da equipa olímpica feminina de judo que em 2020 trouxe para Portugal 7 medalhas internacionais no circuito Mundial, das quais 2 no Campeonato da Europa de Seniores.

Espera-se agora avaliar o impacto da pandemia no judo de formação, algo já alertado pela Organização Mundial de Saúde sobre o risco da inatividade física na saúde a qual provoca anualmente milhões de mortes em todo o Mundo.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: