9.6 C
Castelo Branco
Segunda-feira, Março 1, 2021
No menu items!
Início Regional PCP interroga Governo sobre encerramento de postos da GNR em Castelo Branco

PCP interroga Governo sobre encerramento de postos da GNR em Castelo Branco

O PCP questionou o Governo sobre a suspensão de 10 postos de atendimento reduzido da GNR no distrito de Castelo Branco e quer saber se é temporário e se vão encerrar mais postos.

Numa pergunta a que a agência Lusa teve hoje acesso, o PCP pergunta ao ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, se “confirma que os postos territoriais da GNR encerrados no distrito de Castelo Branco são 10” e se “confirma que não pretende encerrar mais postos”.

Recentemente, a GNR confirmou à agência Lusa que suspendeu temporariamente o funcionamento de 10 postos de atendimento reduzido no distrito de Castelo Branco devido à situação “excecional que o país atravessa”.

Esta medida abrange os Postos Territoriais de Mata, Cebolais de Cima e Malpica do Tejo (Castelo Branco); Unhais da Serra e Paul (Covilhã), Soalheira (Fundão), Monsanto, Ladoeiro e Rosmaninhal (Idanha-a-Nova) e Cernache do Bonjardim (Sertã).

Segundo a GNR, esta medida permitiu a transferência temporária de 43 militares para os Postos Sede de Agrupamento.

“A Guarda [GNR] considerou operacionalmente vantajoso adotar esta medida temporária, a qual permite alocar um maior número de militares para o serviço operacional, nomeadamente para o controlo da fronteira terrestre, sublinhando-se que a mesma apenas vigorará enquanto se afigurar absolutamente necessário, retomando à situação de normalidade logo que possível”, conclui.

Os deputados do PCP entendem que o encerramento de Postos Territoriais da GNR “num distrito com uma grave situação de despovoamento e envelhecimento cria preocupações às populações do ponto de vista da segurança, mas também do ponto de vista do desenvolvimento da região sujeita a muitos encerramentos de serviços de proximidade”.

“Confirma que o encerramento dos Postos Territoriais da GNR é temporário? Quando pretende reabri-los?”, questionam.

Os deputados perguntam ainda, face à necessidade de reforçar o número de efetivos no controle de fronteiras, “porque não foram adotadas outras soluções que evitassem o encerramento dos postos da GNR?”.

*LUSA

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: