8.2 C
Castelo Branco
Quarta-feira, Dezembro 8, 2021
No menu items!
InícioRegionalMunicípio da Sertã prossegue com trabalhos na Rede Primária de Faixas de...

Município da Sertã prossegue com trabalhos na Rede Primária de Faixas de Gestão de Combustível

O Município da Sertã dá continuidade aos trabalhos na Rede Primária de Faixas de Gestão de Combustível, inscrita no Plano Distrital e Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios, desta feita ao abrigode uma candidatura apresentada à Operação 8.1.3 – Prevenção da Floresta contra Agentes Bióticos e Abióticos, no âmbito do PDR2020.

Com início previsto para o mês de março, os trabalhos realizar-se-ão em quatro troços específicos, num total de cerca de 158 hectares:

– troço 1–na freguesia de Pedrogão Pequeno, entre a localidade de Vale da Froca e Zorro do Painho (23 hectares);

– troço 2 –na freguesia do Castelo, entre o nó dos Verdelhos do IC8, Arnóia e Castelo (35 hectares);

– troço 3 – na União de Freguesias de Cumeada e Marmeleiro e na União de Freguesias de Cernache do Bonjardim, Nesperal e Palhais, cominício junto a Castanheiro Grande, ao longo da Estrada Municipal 541-1, abrangendo o Cardal e Lameiro Pereiro até ao rio Zêzere (66 hectares);

– troço 4 – na freguesia da Sertã e na União de Freguesias de Cumeada e Marmeleiro, desde Ladeira, Alto de São Gião até Cumeada, e na zona de Bernadia e Chão da Telha (33,7 hectares).

A implementação da faixa de gestão de combustível, definida no mínimo com 125m de largura (62,5m para cada lado do traçado da Rede Primária) tem como objectivo diminuir a área percorrida por incêndios florestais, criando condições favoráveis e de segurança para o combate dos meios de supressão.

Os trabalhos a realizar prevêem a limpeza moto manual ou mecânica (quando possível) dos extractos arbustivos ou subarbustivos, a correcção de densidades excessivas das árvores, garantindo um distanciamento entre copas, e a desramação de árvores até 50% da altura destas para árvores inferiores a oito metros.

Nas árvores superiores a oito metros a desramação deve ser no mínimo quatro metros acima do solo, quando necessário.

A Câmara Municipal da Sertã apela à compreensão, colaboração e empenho de todos neste tipo de ações, cujo objetivo primordial se prende com a defesa do principal recurso natural do Concelho, a Floresta, assim como o investimento dos produtores florestais.

As intervenções decorrerão em terrenos privados e serão realizadas por uma empresa a seleccionar no concurso que está a decorrer.

Refira-se que o material lenhoso (com valor comercial) resultante das operações de desbaste é pertença dos legítimos proprietários, produtores florestais, arrendatários e usufrutuários.

A madeira será cortada a 2,50m e empilhada no local, sendo no entanto da responsabilidade destes a sua remoção dos locais de intervenção.

Os demais materiais (sobrantes sem valor comercial) serão retirados, triturados, queimados ou incorporados no solo.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: