11.7 C
Castelo Branco
Sexta-feira, Março 5, 2021
No menu items!
Início Regional Covid-19: Hospital Garcia de Orta mantém descida de internamentos

Covid-19: Hospital Garcia de Orta mantém descida de internamentos

O Hospital Garcia de Orta, em Almada, mantém a descida do número de doentes internados nos Cuidados Intensivos devido à covid-19, continuando a registar uma diminuição da procura da Urgência Geral na vertente da área respiratória, foi hoje divulgado.

Numa nota de imprensa, a unidade hospitalar do distrito de Setúbal refere que regista hoje “um total de 167 doentes positivos por infeção por SARS-COV-2, dos quais 135 estão internados em enfermaria, 18 em Unidade de Cuidados Intensivos (UCI) e 14 em Unidade de Hospitalização Domiciliária (UHD)”.

Na sexta-feira, o hospital dava conta de 172 doentes infetados com o novo coronavírus, dos quais 138 estavam internados em enfermaria, 17 doentes em UCI e 17 em UHD.

Na mesma nota, o Hospital Garcia de Orta adianta que “a demanda do Serviço de Urgência Geral, na vertente da área respiratória, baixou”.

À população, a unidade hospitalar pede que, em caso de sinais e sintomas compatíveis com doença respiratória, contacte primeiro a Linha SNS 24 (através do número 808242424) e as Áreas Dedicadas para Doentes Respiratórios.

No Agrupamento de Centros de Saúde Almada-Seixal, as áreas da Trafaria e do Seixal funcionam até às 20:00.

Já em situação de doença aguda, aconselha a população a contactar, em primeiro lugar, o “médico de família/centro de saúde, reservando as situações mais complexas, graves e urgentes para serem assistidas” no Hospital Garcia de Orta.

Neste hospital está, desde segunda-feira, uma equipa médica francesa, no âmbito da ajuda internacional oferecida a Portugal para aliviar a pressão hospitalar no combate à covid-19.

A equipa médica francesa, que durante 15 dias vai trabalhar nesta unidade, é constituída por três enfermeiras e uma médica do serviço de saúde dos bombeiros franceses.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.441.926 mortos no mundo, resultantes de mais de 110,2 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 15.821 pessoas dos 794.769 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

*LUSA

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: