8.7 C
Castelo Branco
Sexta-feira, Fevereiro 26, 2021
No menu items!
Início Nacional Parlamento homenageia Joel Pina: "Uma referência do fado"

Parlamento homenageia Joel Pina: “Uma referência do fado”

A Assembleia da República aprovou na quinta-feira, por unanimidade, um voto de pesar pela morte do músico Joel Pina, que faleceu no passado dia 11 de fevereiro aos  100 anos.

No voto de pesar, apresentado pelo Grupo Parlamentar do Partido Socialista, lembra-se o percurso de vida e musical de João Manuel de Pina, nascido na localidade de Rosmaninhal, concelho de Idanha-a-Nova, em 17 de fevereiro de 1920, e que, ao longo dos seus 80 anos de carreira, “gravou mais de três centenas de discos e colaborou com músicos de renome, como Amália Rodrigues, com quem esteve durante cerca de três décadas”, entre outros artistas.

Na iniciativa, subscrita pela deputada e Vice-presidente do GPPS Hortense Martins, eleita pelo Distrito de Castelo Branco, é enaltecido o “grande contributo” de Joel Pina para o fado, “não só pela qualidade das suas execuções, do seu talento, da capacidade de inovar na criação artística, bem como, por ter sido um dos principais responsáveis pela introdução da viola baixo acústica naquele estilo musical”.

“Sendo uma referência do fado, ganhou o epíteto de professor, como todos o consideravam”, destaca-se no texto, lembrando a “participação determinante” do músico na “elevação do Fado enquanto Património Imaterial da Humanidade (UNESCO)”.

No voto também subscrito pela coordenadora do PS, Rosário Gamboa, e pela Presidente da comissão parlamentar de Cultura, Ana Paula Vitorino, recorda-se ainda que o músico foi condecorado em maio de 1992 com a Medalha de Mérito Cultural pelo Estado português, e recebeu em 2012 a Comenda da Ordem do Infante D. Henrique e no mesmo ano a Medalha de Ouro da Cidade de Lisboa.

*Foto de capa: © Museu do Fado

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: