12.2 C
Castelo Branco
Segunda-feira, Abril 19, 2021
No menu items!
Início Nacional BE: Requalificação de troço da linha do Norte é essencial para a...

BE: Requalificação de troço da linha do Norte é essencial para a Linha da Beira Baixa e para a região de Castelo Branco

Foi, ontem, apresentado, na Estação Ferroviária de Castelo Branco, com a presença da deputada na Assembleia da República, Fabíola Cardoso, um Projeto de Resolução do Bloco de Esquerda sobre a Linha da Norte e da sua importância para a Linha da Beira Baixa e para a região.

José Ribeiro, deputado municipal do Bloco na Assembleia Municipal de Castelo Branco e presente na iniciativa, considerou que o Projeto de Resolução 957 é de “importância para o país, para a Beira Baixa e também para a zona de Santarém”. 

O Projeto em questão “pretende a requalificação, a modernização, com mudança de troço, com mudança de traçado, entre o Vale de Santarém e o Entroncamento. Esta obra, sendo de carácter local, é essencial não só para todo o distrito de Santarém, mas também para o distrito de Castelo Branco, para todo o interior”, explicou Fabíola Cardoso, deputada do Bloco na Assembleia da República eleita pelo distrito de Santarém. 

Lembrando ainda que a modernização da ferrovia é essencial “para atingir as metas ambientais que portugal se prometeu a nível europeu, é essencial para que haja um desenvolvimento sustentável, melhoria da qualidade de vida das pessoas e condições de funcionamento para as empresas, as pequenas empresas, mas também é essencial para a própria coesão do território.”

Cristina Guedes, dirigente distrital do Bloco, lembrou que também em Vila Velha de Ródão, no distrito de Castelo Branco, se encontra com problemas idênticos aos que se passam perto de Santarém.

Na estação da CP de Castelo Branco

Salientando que a Distrital do Bloco de Esquerda se tem batido por outras questões, como os custos das viagens mais curtas e a comodidade das carruagens da Linha da Beira Baixa.

António Pinto Pires, especialista em ferrovia, também presente na iniciativa, explicou como a Linha da Beira Baixa, já com 130 anos, se reveste de “uma importância fundamental pela sua localização estratégica”, nomeadamente para o  “desenvolvimento do interior”.

Foi concluída recentemente a modernização do troço final entre a Covilhã e a Guarda depois de “encerrada durante cerca de 12 anos, ostracizada pelos Governos anteriores” que chegaram a propor o seu encerramento. Para o especialista deve agora pensar-se na “consolidação e melhoramento da infraestrutura sobretudo ao nível das barreiras e de prever a segurança”.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: