13.2 C
Castelo Branco
Domingo, Setembro 26, 2021
No menu items!
InícioInternacionalTeva estabelece novas metas de sustentabilidade ambiental para 2030

Teva estabelece novas metas de sustentabilidade ambiental para 2030

A Teva Pharmaceutical Industries anunciou novos compromissos de sustentabilidade ambiental a longo prazo, com o objetivo de orientar e impulsionar ações nessa área.

As novas metas para 2030 são um pilar fundamental da estratégia Ambiental, Social e de Governança (ESG), que detalha  como  são alcançadas as metas de negócios, destaca o desempenho não financeiro e é considerado crítico para a sustentabilidade e sucesso a longo prazo.

Os objetivos da Teva estão alinhados com as áreas de ação climática e resiliência, o uso responsável de recursos naturais e emissões, efluentes e resíduos – recentemente identificadas durante a análise de materialidade ESG.

O negócio da farmacêutica está inerentemente vinculada ao ESG e reforça a sua missão de ser um líder global em genéricos e biofarmacêuticos, de forma a melhorar a vida dos doentes.

O cronograma de 2030 fará com que a Teva esteja alinhada e ajude a alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas (ODS).

A meta científica da empresa para reduzir as emissões de gases de efeito estufa (GEE), foi estabelecida para fornecer um nível de descarbonização necessário para manter o aumento da temperatura global abaixo dos 2 °C, alinhando-se assim com o Acordo Climático de Paris de 2015.

A Teva comprometeu-se até 2030 a:

  • Aumentar a eficiência energética em 10% e a proporção total de energia comprada ou gerada de fontes renováveis em 50%;
  • Reduzir a captação total de água em 10% nas áreas projetadas para apresentar stress hídrico;
  • Reduzir a massa total de materiais de embalagem secundários e terciários por dose unitária e aumentar a proporção de materiais reciclados e de origem responsável em 10%;
  • Avaliar e mitigar o impacto ambiental dos ingredientes farmacêuticos usados nas operações;
  • Avaliar o impacto ambiental do ciclo de vida dos principais produtos;
  • Continuar a minimizar os resíduos gerados nas operações e o impacto ambiental da sua disposição;
  • Cumprir os compromissos existentes da AMR Industry Alliance para minimizar as descargas de antimicrobianos da cadeia de abastecimento. 

O vice-Presidente Executivo de Operações Globais da Teva, Eric Drape refere que “as ”metas são desafiadoras, mas alcançáveis, especialmente devido ao tamanho e complexidade das operações globais da Teva”.

“Com mais de 60 locais de produção em muitos países, percebemos o impacto significativo que podemos ter no planeta. Somos – e queremos permanecer – líderes no setor em termos de desempenho ambiental e continuamos atentos ao nosso progresso e a reavaliar periodicamente as nossas metas para continuar a desafiar-nos”, acrescentou Eric Drape.

A pontuação de mudança climática do Carbon Disclosure Project (CDP), da farmacêutica melhorou de B para A- no ano passado, classificando a empresa entre as 38% melhores empresas.

A Teva recebeu a medalha de prata da plataforma de classificação para avaliar a responsabilidade social corporativa e a aquisição sustentável (EcoVadis), representando 23% das maiores empresas farmacêuticas em 2020.

O desempenho ambiental atual da Teva foi também reconhecido pela Sustainalytics que a classificou entre as 10% melhores empresas farmacêuticas e classificou a organização como uma “outperformer para desempenho ambiental”.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: