19.2 C
Castelo Branco
Quinta-feira, Abril 22, 2021
No menu items!
Início Regional Câmara aprova apoios às micro e pequenas empresas de Idanha-a-Nova

Câmara aprova apoios às micro e pequenas empresas de Idanha-a-Nova

A Câmara Municipal de Idanha-a-Nova acaba de aprovar o Programa Municipal de Apoio à Recuperação da Atividade Económica destinado aos empresários em nome individual, micro, pequenas e médias empresas do concelho de Idanha-a-Nova.

Acessível a PME’s (Micro, Pequenas e Médias Empresas) e empresários em nome individual com uma quebra de faturação igual ou superior a 15% em 2020, relativamente ao mesmo período do ano anterior, o Programa consubstancia-se num apoio financeiro não reembolsável que vai dos 2 aos 5 mil euros.

“Num período difícil para a atividade económica, a autarquia continua a desenvolver programas para apoiar as empresas do concelho, nos diversos sectores de atividade, com o objetivo de mitigar os efeitos nefastos da pandemia e contribuir para retoma da nossa economia”, refere Armindo Jacinto, Presidente da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova.

O apoio financeiro do Programa consubstancia-se numa remuneração mensal fixa atribuída por um período máximo de 4 meses e abrange as mais diversificadas atividades empresariais: restauração e similares; comércio a retalho; alojamento; operadores turísticos; transportes; comércio e reparação automóvel e motociclos (oficinas); indústrias alimentares, têxteis e outras; cabeleireiros; atividades de rádio, de edição e consultoria; serviços de apoio à educação; atividades desportivas, de diversão e recreativas; aluguer de bens recreativos e desportivos; reparação de computadores e de bens de uso pessoal e doméstico; entre outras atividades económicas.

O Programa tem início previsto para o próximo mês de abril, devendo o apoio ser requerido pelo candidato a beneficiário mediante submissão de candidatura eletrónica a disponibilizar oportunamente no sítio de Internet do Município de Idanha-a-Nova.

Recorde-se que já em 2020, Idanha-a-Nova foi o segundo concelho do país que mais investiu no combate à Covid-19 em proporção do número de infetados no seu território, de acordo com um relatório do Tribunal de Contas.

Considerando o número de habitantes total do concelho, os gastos foram de quase 31 euros por residente, onde se incluíram apoios para a atividade económica, nomeadamente para asempresas e empresários.

Armindo Jacinto realça que “dentro dos apoios que temos atribuído desde o início da pandemia, damos uma atenção especial às micro, pequenas, médias empresas e empresários em nome individual, que são a atividade económica mais significativa do concelho. Estas novas medidas aprovadas pela Câmara Municipal são mais um instrumento de apoio às atividades que contribuem para a criação de riqueza e emprego no concelho de Idanha-a-Nova”.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: