9.1 C
Castelo Branco
Domingo, Abril 18, 2021
No menu items!
Início Internacional Bruno Fernandes sai em defesa de Cristiano Ronaldo após críticas em Itália

Bruno Fernandes sai em defesa de Cristiano Ronaldo após críticas em Itália

O futebolista internacional português Bruno Fernandes, do Manchester United, saiu em defesa de Cristiano Ronaldo, após as críticas que este recebeu com a eliminação da Juventus pelo FC Porto na Liga dos Campeões.

“Ele venceu muito, mas ninguém vence sozinho. Compreendo que a presença dele na ‘Juve’ tenha criado uma expectativa enorme para a Liga dos Campeões, mas quando uma equipa perde, é o plantel todo que perde e não apenas um jogador”, começou por dizer o médio, em entrevista ao jornal italiano Gazzetta dello Sport.

Num momento de críticas ao jogador da Juventus, Bruno Fernandes lembrou que Cristiano Ronaldo “é um dos grandes da história do futebol” e que “a mentalidade dele tem inspirado aqueles que praticam” futebol.

A imprensa italiana criticou o avançado da Juventus, após a eliminação na terça-feira nos oitavos de final da ‘Champions’, num jogo em que a equipa de Turim venceu em casa por 3-2, e acabou eliminada devido aos golos fora do FC Porto, que venceu na primeira mão por 2-1.

O Corriere Dello Sport sublinhou que a Juventus foi “traída” por um erro de Ronaldo, que saltou e virou as costas na barreira no segundo golo do FC Porto, a Gazzetta dello Sport deu uma das piores notas ao português, e o antigo treinador Fabio Capello não poupou o avançado, considerando “imperdoável” a ação no golo.

Ainda na conversa com o jornal italiano, Bruno Fernandes lembrou o seu percurso em Itália, onde vestiu as camisolas do Novara, Udinese e Sampdoria, e justificou a razão pela qual “tanto talento” tenha escapado a estes clubes, face aos números que tem no United.

“Era muito jovem, tive que completar o meu crescimento, de um país para o outro. Em Itália, não consegui afirmar-me totalmente porque a posição de médio atacante no vosso futebol não tem uma vida fácil”, justificou Bruno Fernandes.

Da Sampdoria, Bruno Fernandes seguiu para o Sporting, com números sempre em crescendo, chegando aos 16 golos na primeira época e aos 32 na segunda, não cumprindo já na totalidade a terceira, com a transferência, em janeiro de 2020, para o Manchester United.

De Itália, Bruno Fernandes lamentou não ter tido mais tempo com o treinador Francesco Guidolin (na Udinese), mas disse que só tem a agradecer o que Itália lhe deu e a experiência de “crescimento ao mais alto nível”.

Na comparação com Inglaterra, com a chegada ao Manchester United, o médio português sublinhou “a intensidade” na Liga inglesa, com equipas pequenas de grande qualidade e a colocarem muitos problemas, enquanto em Itália o plano “tático” é como uma universidade do desporto.

Um ano de pandemia não evitou que o médio considere 2020 “especial”, devido à transferência do Sporting para o Manchester United.

“Do ponto de vista profissional, foi o melhor ano de sempre: a transferência para o United, a Liga inglesa, 12 meses de satisfação no relvado. Fora disso, foi complicado, com a distância da família, a proteção devido ao vírus, a dificuldade em manter crianças pequenas em casa, que não entendem as restrições”, explicou.

No percurso, o médio revelou ainda que procura assistir a outros campeonatos, ler, perguntar e tirar apontamentos.

“Porque um dia gostava de treinar”, admitiu o internacional português.

*LUSA

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: