17.8 C
Castelo Branco
Quinta-feira, Abril 22, 2021
No menu items!
Início Regional Associação Amato Lusitano: Terminou “Nós Com os Outros”do Programa Escolhas – 7ª...

Associação Amato Lusitano: Terminou “Nós Com os Outros”do Programa Escolhas – 7ª Geração

Aprovada proposta de projeto para a 8ª Geração (2021-2022)

A Amato Lusitano – Associação de Desenvolvimento | ALAD, é uma Associação privada sem fins lucrativos, que desenvolve trabalho de intervenção social em áreas multidisciplinares como o apoio a vítimas de violência, pessoas idosas, empregabilidade, imigração, apoio às famílias e crianças e jovens em risco, entre outras.

Em 2019 a ALAD candidatou-se à 7ª Geração do Programa Escolhas, através do projeto “Nós Com os Outros” que visou a inclusão social de crianças e jovens inseridas em contextos sociais vulneráveis, particularmente junto de crianças/jovens descendentes de famílias migrantes, refugiadas e das comunidades ciganas, com idades compreendidas entre os 6 e 25 anos, promovendo uma intervenção adaptada e incisiva nas várias esferas da sua inclusão.

O projeto contou com o apoio incondicional do seu consórcio, constituído pela Câmara Municipal de Castelo Branco, o Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva, o Agrupamento Nuno Álvares, o Agrupamento José Sanches e S. Vicente da Beira, o Instituto Politécnico de Castelo Branco, o Instituto de Emprego e Formação Profissional de Castelo Branco, a Junta de Freguesia de Monforte da Beira e a Associação Cigana Albicastrense.

Através da assunção de medidas e estratégias multidisciplinares, o projeto acompanhou durante dois anos, crianças e jovens no seu percurso escolar, profissional, familiar e social, promovendo um processo de mudança positiva no território no que concerne à capacitação e desenvolvimento dos/as jovens descendentes destas comunidades.

Mesmo em tempos de pandemia e durante os meses de confinamento geral a equipa de projeto continuou no terreno, a encontrar respostas, a reunir e organizar recursos e a responder às necessidades destas comunidades.

Destacam-se atividades como “O/A professor/a vem a casa!” que consistiu na criação de uma “bolsa de professores domésticos” que prestou apoio escolar a crianças e jovens nas suas casas ou espaço públicos e comunitários, em sistema de voluntariado.

Foi prestado apoio a 141 crianças em contexto doméstico e potenciado o envolvimento dos próprios pais/encarregados de educação no processo educativo dos filhos.

Foram realizadas duas edições dos “Jogos Sem Fronteiras”, Jogos sem fronteiras de culturas, de raças ou de etnias, onde 70 participantes, se uniram para responder aos vários desafios educativos, lançados por docentes e alunos/as da Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco.

Foi realizado o Bootcamp “Nós os Empreendedores” que culminou na apresentação de 5 projetos de empreendedorismo social, construídos por 10 participantes, permitindo a jovens migrantes e refugiados falar sobre empreendedorismo, ao mesmo tempo que refletiram e trabalhavam as suas habilidades e competências pessoais, profissionais e sociais.

Foram criadas duas “Escolas de Pais – Sessões de capacitação parental”, em Castelo Branco e em Monforte da Beira, uma abordagem pioneira no território por se destinar a membros destas comunidades.

Esta atividade possibilitou trabalhar as competências pessoais, parentais e sociais dos pais das crianças e jovens do projeto, permitindo-os aprimorar as relações familiares e o seu papel na sociedade.

Diariamente, ao longo dos dois anos da sua implementação, o projeto direcionou a intervenção a 12 escolas do município e das freguesias do concelho, procurando enriquecer a ligação dos/as aulos/as à escola e trazendo estratégias e recursos multidisciplinares ao currículo escolar.

O projeto Nós com os Outros terminou a 7ª geração do Programa Escolhas com o envolvimento de 440 participantes únicos, a integração de 18 jovens num dos quatro Agrupamentos do território, 45 jovens integrados/as em formação profissional e 53 jovens encaminhados/as e integrados/as para emprego.

Ao longo da sua implementação foi defendida a máxima de que uma sociedade só poderá constituir-se como bem-sucedida se cada um/a de nós tiver consciência das crenças,

caraterísticas históricas e valores da própria cultura e da dos outros, respeitando os limites e as diferenças individuais que os separam, mas que também os unificam.

Consciente de que muito ainda há a fazer na integração destas comunidades, a Amato Lusitano

A Associação de Desenvolvimento apresentou a sua candidatura à 8ª geração do Programa Escolhas, obtendo parecer positivo para a continuidade da intervenção com um financiamento de 116,705.52€ para o biénio 2021-2022.

Esta 8ª geração contempla 11 atividades divididas pelas Medida I – Educação, Inclusão Digital, Formação e Qualificação e Medida III – Dinamização Comunitária, Saúde, Participação e Cidadania e pretende envolver um total de 196 participantes.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: