13.9 C
Castelo Branco
Quarta-feira, Abril 21, 2021
No menu items!
Início Internacional Docente de Arquitetura da UBI no programa nacional da Bienal de Arquitetura...

Docente de Arquitetura da UBI no programa nacional da Bienal de Arquitetura de Veneza

Maria Neto é uma das convidadas do debate “Instant City”, que decorre no amanhã domingo, online.

Maria Neto participa numa das mesas redondas da representação de Portugal na 17º Bienal de Arquitectura de Veneza.

A docente do Mestrado Integrado em Arquitetura da Universidade da Beira Interior (UBI) vai integrar o Debate “Instant City”, juntamente com Manuel Herz e Michel Agier.

O evento faz parte do calendário de debates que acompanham a exposição “In Conflict”, o tema escolhido para documentar 40 anos da arquitetura portuguesa na Bienal da cidade italiana.

O debate em que participa Maria Neto decorre online, no dia 28 de março (domingo), a partir das 18h30.

O programa do encontro propõe discutir os assentamentos de emergência para a população deslocada a nível global por consequência de guerras ou condições políticas, climáticas e sanitárias.

Calcula-se que, atualmente, 80 milhões de refugiados vivam em condições de higiene e segurança precárias e mil milhões de pessoas vivam em bairros de lata, crescentes geografias da vulnerabilidade social.

“Enquanto a arquitectura e o planeamento urbano geralmente ficam aquém nas suas respostas, o que podemos aprender destas cidades instantâneas? O que revelam sobre o papel da arquitectura no dilema humanitário e no nosso mundo instável?”.

Estas questões são pontos centrais da mesa redonda, cujo resumo acrescenta: “Alguns consideram as soluções informais mais eficientes que os esquemas excessivamente planeados; outros reclamam a valorização das soluções DIY dos habitantes desses campos enquanto agentes da produção do espaço. Entretanto, os arquitetos continuam a desenvolver sistemas modulares e de habitação portátil. Que perspetivas se aplicam às povoações migrantes? Questionar como vamos viver juntos exige foco na expressão física do conflito”.

Maria Neto é arquitecta, investigadora e professora assistente no Departamento de Engenharia Civil e Arquitetura da UBI.

Realizou estudos de pós-graduação em Development of Human Settlements in the Third World e tem experiência profissional em Humanitarian Shelter Coordination.

Recebeu o Prémio Távora 2016 com Invisible Cities of Dadaab.

O Pavilhão de Portugal na Bienal tem curadoria do atelier depA e o calendário das sessões propostas começou no dia 14 de março e vai até setembro, entre Veneza, Lisboa e Porto.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: