25.6 C
Castelo Branco
Segunda-feira, Agosto 2, 2021
No menu items!
InícioNacionalNOVA School of Science and Technology lança plataforma para ajudar setor do...

NOVA School of Science and Technology lança plataforma para ajudar setor do vinho a enfrentar alterações climáticas

  • VINEAS pretende promover o desenvolvimento de estratégias e soluções de adaptação às alterações climáticas no setor do vinho: https://www.vineas.net/pt/
  • Entre os agentes presentes na plataforma de cooperação do setor do vinho está a Direcção-Geral De Agricultura E Desenvolvimento Rural  (DRAPC), em Castelo Branco. 

A NOVA School of Science and Technology | FCT NOVA anuncia o lançamento da VINEAS, uma plataforma para o setor do vinho promover o desenvolvimento de estratégias e soluções de adaptação às alterações climáticas.

A VINEAS é resultado do projecto MEDCLIV liderado em Portugal pela NOVA School of Science and Technology | FCT NOVA. 

O MEDCLIV é um projeto cofinanciado pelo EIT Climate-KI, que une cinco países da região Mediterrânica, uma das mais afetadas pelas  alterações climáticas.

Numa altura em que as questões como a sustentabilidade são cada  vez mais prementes no setor da vinha e do vinho, o MEDCLIV vem dinamizar o ecossistema nacional, tendo como principais  objectivos a caracterização do sector nas suas preocupações climáticas e o desenvolvimento de  eventos participativos e de cocriação.

Hoje o projeto atingiu um dos principais objetivos: o lançamento da plataforma VINEAS. 

A plataforma VINEAS agrega a informação, conhecimento e resultados práticos do projeto que pretende mitigar as alterações climáticas no setor do vinho, reunindo os agentes de Portugal que podem partilhar os seus próprios projetos e resultados de sustentabilidade.

O objetivo final é que a plataforma seja um espaço de partilha de soluções gerais e específicas para a vinha, com dados atualizados e um mapa relacional e geográfico.

Entre os agentes presentes na plataforma de cooperação do setor do vinho está a Direcção-Geral De Agricultura E Desenvolvimento Rural  (DRAPC), em Castelo Branco. 

O projecto MEDCLIV é liderado em Portugal pela NOVA School of Science and Technology | FCT NOVA e decorre em mais quatro países mediterrâneos: Espanha, Itália, França,  Eslovénia e Chipre. As restantes parcerias do projeto são: a Fundação Edmund Mach e o Instituto de BioEconomia (Itália); o Instituto Nacional de Investigação para a Agricultura, Alimentação e Ambiente e do Centro de Investigação Agrícola para o Desenvolvimento (França); a Universidade Politécnica de Valência (Espanha); Instituto Nacional de Química (Eslovénia); e Universidade de Tecnologia do Chipre.

Sobre a NOVA School of Science and Technology | FCT NOVA

A NOVA School of Science and Technology | FCT NOVA é uma das principais faculdades de Engenharia, Ciências e Tecnologia de Portugal, reconhecida pelo seu carácter inovador, imersa num ecossistema empreendedor que se caracteriza pela forte ligação ao tecido empresarial e pela sua comunidade de startups.

Fundada em 1977, na zona da Caparica, o campus universitário é o maior do país, com cerca de 8000 estudantes, 500 docentes, 1090 investigadores, 1180 projetos e 200 funcionários.

O reconhecimento da sua oferta educativa traduz-se pelo preenchimento a 100% das vagas que oferece e é repercutido no índice de empregabilidade de 98%.

O perfil diferenciador da NOVA School of Science and Technology caracteriza-se também pela resposta à dinâmica e exigência do mercado de trabalho, valorizando a integração das soft skills na sua dimensão pedagógica, através do Perfil Curricular. 

A NOVA School of Science and Technology| FCT NOVA acolhe 16 centros de investigação reconhecidos pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia.

A qualidade científica reflete-se também na produção científica, com publicações no TOP 10 das principais revistas internacionais da especialidade, sendo o espaço de ensino português com maior concentração de laboratórios CoLABs e Bolsas European Research Council (ERC).

O resultado deste desempenho é a integração da faculdade na prestigiada rede de universidades tecnológicas CESAER e em consórcios com universidades europeias e dos EUA, desde a CMU à MIT. 

Além dos 15 hectares construídos, a faculdade vai expandir-se para os 17 hectares restantes, uma expansão que inclui a infraestrutura de ciência e tecnologia Madan Parque.

Os planos de expansão demonstram que a NOVA School of Science and Technology| FCT NOVA é uma escola orientada para o futuro, sempre baseada numa investigação internacional de vanguarda. 

Mais informações: https://www.fct.unl.pt/pt-pt

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: