27.7 C
Castelo Branco
Terça-feira, Junho 15, 2021
No menu items!
InícioRegionalMaria João Carvalho recebe Prémio José Guardado Moreira

Maria João Carvalho recebe Prémio José Guardado Moreira

A primeira edição do Prémio José Guardado Moreira foi entregue no dia 25 de maio a Maria João Oliveira Guerreiro de Carvalho, autora do trabalho “Representações sociais de género e violência em contexto familiar: um estudo com mulheres idosas de meio rural no Concelho de Castelo Branco”.

A cerimónia integrou os trabalhos do VIII Seminário do Mestrado em Gerontologia Social da Escola Superior de Educação do IPCB e contou com a presença do Presidente do IPCB, António Fernandes, de D. Antonino Eugénio Fernandes Dias, Bispo da Diocese de Portalegre – Castelo Branco, de Elicídio Dinis Pereira Bilé, Presidente da Cáritas Diocesana de Portalegre – Castelo Branco, de Rita Valadas, Presidente da Cáritas Portuguesa e António Raposo, Coordenador da Editorial Cáritas.

Desenvolvido no âmbito do Mestrado em Gerontologia Social, sob orientação das docentes da ESECB Maria João da Silva Guardado Moreira e Clotilde Alves Nunes Agostinho, o trabalho de Maria João Carvalho teve como objetivos conhecer as representações sociais de género que se encontram subjacentes à perpetuação dos comportamentos violentos para com as mulheres que vivem em meio rural e perceber em que medida estas representações têm contribuído para a aceitação e perpetuação de comportamentos abusivos nas comunidades rurais.

A investigação foi concretizada através da realização de entrevistas semi dirigidas a dez mulheres idosas de zonas rurais do Concelho de Castelo Branco, e permitiu dar uma perspetiva sobre o enraizamento cultural de estereótipos de género nestas comunidades e sua relação com a perpetuação da violência conjugal.

Entrega do Prémio José Guardado Moreira_a Maria João Carvalho (ao centro)

O júri atribuiu ainda Menções Honrosas aos trabalhos “Integração e inclusão escolar de alunos cabo-verdianos no 1ºCEB: Estudo de Caso num Agrupamento de escolas da Amadora”, da autoria de Ulisses de Jesus Costa Duarte e “A Promoção da Autonomia em Adolescentes acolhidas na CIJE- Estudo de Caso”, da autoria de Joana Milene Nascimento Gomes, realizados no âmbito do  mestrado em Intervenção Social Escolar e ao trabalho “Necessidades das famílias cabo-verdianas de crianças com NEE no 1.º CEB em Portugal”, da autoria de Nilce Maria Ramos Évora e realizado no âmbito do mestrado em Educação Especial – Domínio Cognitivo e Motor).

O Prémio José Guardado Moreira premeia o melhor trabalho de mestrado na área social desenvolvido pelos alunos da Escola Superior de Educação do IPCB e pretende estimular a inovação e a criação de conhecimento que contribua para o aprofundamento e consolidação desta área de investigação e proceder à divulgação de trabalhos de elevada qualidade.

A iniciativa resulta da parceria tripartida protocolada entre a Cáritas Diocesana de Portalegre/ Castelo Branco, o Instituto Politécnico de Castelo Branco e a Editorial Cáritas – Cáritas Portuguesa.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: