18.3 C
Castelo Branco
Quarta-feira, Outubro 27, 2021
No menu items!
InícioRegionalOleiros integra primeira fase de alargamento do Roteiro de Arte Experimenta Paisagem

Oleiros integra primeira fase de alargamento do Roteiro de Arte Experimenta Paisagem

Os municípios fundadores do Experimenta Paisagem – Oleiros, Proença-a-Nova, Sertã – e o escritório de arquitetura e urbanismo Mag – Marques de Aguiar, juntaram os parceiros numa reunião de trabalho para a expansão desta rede territorial.

O Experimenta Paisagem, que teve como formato de estreia o Cortiçada Art Fest em agosto de 2020, pretende a afirmação da região do Centro como destino internacional de arte na paisagem, através da promoção da cultura, do património e das artes e simultaneamente, da valorização turística desta região.

Estabelecer uma rede que faça da região um destino internacional pioneiro na arte na paisagem foi o propósito adicional desta reunião que decorreu a 1 de junho e juntou os fundadores desta iniciativa e entidades estratégicas, como a Direção Regional da Cultura do Centro, o Turismo Centro Portugal e o Centro Nacional de Cultura (CNC).

Segundo Fernando Jorge, presidente da Câmara Municipal de Oleiros “esta iniciativa é de extrema importância e projetos como este permitem atrair pessoas aos lugares”.

No entender do autarca oleirense, ” este projeto traz ganhos em termos de escala e benefícios para todos de forma integrada. É importante afirmarmo-nos pela diferenciação e pela positiva. Só assim marcamos uma posição a nível nacional e internacional”.

A professora Maria Calado, Presidente do Centro Nacional de Cultura, acrescenta que o CNC “associa-se ao Experimenta Paisagem no sentido da consolidação do projeto, da sua internacionalização, e, sobretudo, do desenvolvimento em novas linhas de atividades tendo sempre como objetivo essencial uma ampla valorização do território e das suas comunidades.”

Marta Aguiar do escritório Mag, finaliza: “na mediação artística e na transformação do território, o tempo é o elemento transversal aos 3 eixos do Experimenta Paisagem. Interessa a valorização dos valores da paisagem que foram construídos e persistiram num tempo longo através do diálogo com a criação contemporânea.”

Recorde-se que, com curadoria do escritório portuense MAG – Marques de Aguiar e financiamento da Dgartes, o programa começou a ser desenvolvido em 2019, no âmbito da estratégia da Direção Regional da Cultura do Centro, em articulação com três municípios do Pinhal Interior Sul: Oleiros, Sertã e Proença-a-Nova.

Daqui resultaram roteiros de arte na paisagem da Cortiçada e das Linhas de Água, onde foram criadas três obras: o “Farol dos Ventos” (Proença-a-Nova), “Véu” (Sertã), e “Moon Gate” (Oleiros).

 

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: