23.9 C
Castelo Branco
Domingo, Agosto 1, 2021
No menu items!
InícioNacionalDias Wood Creations: peças em madeira construídas de forma artesanal ...

Dias Wood Creations: peças em madeira construídas de forma artesanal são o projeto deste avô e dos seus três netos

Mário Dias começou por construir um tabuleiro de xadrez para o seu neto, mas a pandemia trouxe tempo para muitas mais criações.  Agora, os netos transformaram este hobby numa marca que representa as criações do avô. As peças estão disponíveis para venda online e na pop up store do Portugal Manual, localizada no Centro Cultural de Belém, em Lisboa.

A Dias Wood Creations é uma marca de peças em madeira desenvolvida por Mário Dias de forma artesanal.

Expressa a paixão do trabalho em madeira, com tempo, de forma cuidada e com atenção a cada detalhe.

O resultado deste processo são peças únicas em que a singularidade da madeira, selecionada de forma sustentável, é enaltecida.

Mas esta não é só uma marca. Este é um projeto familiar que a pandemia, felizmente, impulsionou.

A Dias Wood Creations é um feliz exemplo de como o tempo que o período de confinamento proporcionou foi capitalizado: o que era um simples passatempo de Mário Dias – e com mais foco e dedicação, evoluiu tanto a nível de técnica como a nível de número de peças desenvolvidas.

“Quando comecei a construir o tabuleiro de xadrez para o Salvador, queria deixar-lhe uma recordação especial, não só pelos detalhes desta peça em si, mas por ter um significado especial para nós, pois foi um jogo que lhe ensinei e que adoramos jogar juntos. Durante o período de confinamento, comecei a fazer experiências e a tentar replicar peças que encontrava na internet. O número de peças construídas foi aumentando e, um dia, quando os meus netos chegaram cá a casa e viram tudo o que tinha feito, surgiu esta ideia de criarmos a marca. A Constança, a minha neta mais velha, estava a ter uma aula de empreendedorismo no colégio e começou a organizar o que tínhamos de fazer, desde escolher o nome da marca, a ideia do logotipo, a loja do Shopify e até o Instagram. A Francisca, a mais nova, assumiu que estava a brincar às lojas, como faz com as suas bonecas, mas fez uma escolha criteriosa das peças que podiam ser vendidas e as que queria que ficassem na família“, explica Mário Dias. “No fundo, foram eles que materializaram este projeto e, para além da realização que tenho ao construir uma peça a partir de um bloco de madeira, e ver o resultado final de pormenores que trabalhei, tenho um enorme orgulho de estar a fazer isto com os meus netos. Mais do que peças construídas em madeira, esta é a nossa aventura familiar e uma memória que fica connosco para sempre”.

Após uma carreira ligada à Engenharia, com muitas viagens pelo meio, Mário Dias chegou a um período em que tem todo o tempo ao seu dispor.

A inspiração veio do seu pai António Dias que, como ocupação dos tempos livres, também deixou peças em carpintaria que impressionavam a família para as brincadeiras dos netos.

Mário é uma pessoa activa por natureza e a paixão pela mesa de carpintaria surgiu discretamente e de forma autodidacta.

Um impulso para comprar um torno e a recolha de peças de madeira que tinham sido inutilizadas, em terrenos da família, foi o suficiente para iniciar esta “brincadeira” com que iria ocupar algum do seu tempo livre.

Investiu em pesquisa e em apurar a técnica para moldar as formas que idealiza, e nos blocos de madeira escolhidos criteriosamente.

O primeiro desafio é ambicioso. Aventura-se a construir um tabuleiro de xadrez para o neto Salvador em que junta madeiras, trabalha cada uma das figuras e remata com detalhes perfeccionistas.

O neto fica fascinado e ‘ encomenda’ mais peças, de peões a canetas, e a figuras em madeira para decorar a árvore de Natal. As netas também o desafiam a fazer vasos para flores, castiçais, taças para frutos secos, e até uma caixa de jóias.

O que começou como uma brincadeira ganha mais seriedade, torna-se mais absorvente e enche a alma e as prateleiras lá de casa.

São precisamente os netos que o incentivam a partilhar todas estas criações e a começar esta marca, onde todos se envolveram, em mais uma “aventura” memorável com o avô.

É a Constança, de 12 anos, que escolhe o nome da marca, cria o Instagram e começa a construir a loja online com as peças do avô no Shopify; Francisca, de 6 anos, escolhe as peças que iam ser vendidas, numera e mede cada uma delas; e o Salvador… Bem, continua a estar totalmente focado nas longas partidas de xadrez que tem com o avô, com a missão de um dia lhe conseguir ganhar uma!

Trata-se de uma marca orgulhosamente Portuguesa, e tal reflete-se em muitas das peças desenvolvidas, que vão inspirar-se em regiões ou costumes nacionais – como é o caso do casal alentejano, dos saleiros para flor de sal ou dos cálices, numa clara alusão ao nosso reconhecido vinho do Porto.

Uma das peças

É neste enquadramento que surgiu o encontro com a rede de artesãos portugueses contemporâneos Portugal Manual (http://www.portugalmanual.com/ ) e a oportunidade das peças integrarem a pop up store no Centro Cultural de Belém dinamizada por Filipa Belo, curadora e fundadora desta rede que promove os trabalhos manuais e a tradição artesã Portuguesa.

Cada peça é única e varia mediante o tipo de madeira em que foi concebida.

No site e na pop up store do Portugal Manual, encontram-se peças para venda imediata, sendo que os trabalhos mais complexos, como o famoso tabuleiro de xadrez, são realizados por encomenda.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: