10.1 C
Castelo Branco
Domingo, Agosto 1, 2021
No menu items!
InícioNacionalAgendas mobilizadoras já arrancaram com convite à apresentação de ideias

Agendas mobilizadoras já arrancaram com convite à apresentação de ideias

Está formalmente lançado, com a publicação do aviso N.º 01/C05-i01/2021, e a disponibilização dos formulários, o Convite à Manifestação de Interesse para Desenvolvimento de Projetos no âmbito das Agendas Mobilizadoras para a Inovação Empresarial, previstas no Plano de Recuperação e Resiliência (PRR).

Este concurso de ideias visa identificar as reais oportunidades de investimento e capacidades de execução para o desenvolvimento de projetos que permitam transformar o perfil de especialização da economia portuguesa, incentivando atividades de maior valor acrescentado e intensivas em conhecimento, orientadas para os mercados internacionais e para a criação de empregos qualificados.

As Agendas Mobilizadoras para a Inovação Empresarial, que incluem as chamadas Agendas Verdes, visam consolidar e expandir sinergias entre o tecido empresarial e o sistema científico e tecnológico em Portugal, contribuindo para o incremento da competitividade e resiliência da economia portuguesa, com base em I&D, na inovação e na diversificação e especialização da estrutura produtiva.

Até 2030, estas Agendas deverão contribuir de forma efetiva para o aumento das exportações de bens e serviços, para o incremento do investimento em I&D e para a redução das emissões de CO2.

As propostas a apresentar deverão ser desenvolvidas por Consórcios, que poderão incluir empresas, associações empresariais, entidades do Sistema de Investigação e Inovação, entidades da esfera municipal, instituições académicas, entre outras.

A dotação afeta ao presente concurso é de 930 milhões de euros, dos quais 558 milhões de euros para as Agendas Mobilizadoras para a Inovação Empresarial e 372 milhões de euros para as Agendas Verdes.

Uma vez concluído o processo de seleção de ideias, os Consórcios qualificados serão convidados a apresentar propostas finais, que serão avaliadas por um júri composto por personalidades nacionais e internacionais de reconhecido mérito e competência.

Para o Secretário de Estado Adjunto e da Economia, João Neves “esta é uma oportunidade única para o nosso País, que vem dar resposta a uma debilidade estrutural há muito identificada que é a insuficiente ligação do sistema científico e tecnológico ao tecido empresarial. Com as Agendas Mobilizadoras pretendemos reforçar a capacidade de investimento das empresas portuguesas, transformando estruturalmente a economia através de investimentos disruptivos que permitam ascender nas cadeias de valor e promover uma maior incorporação tecnológica nos nossos produtos e serviços.”

Numa perspetiva de mobilização de novos consórcios, poderá ser prevista uma nova fase de apresentação de ideias com a dotação remanescente.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: