16 C
Castelo Branco
Domingo, Outubro 17, 2021
No menu items!
InícioRegionalNovo Diretor do Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva toma posse

Novo Diretor do Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva toma posse

No dia 5 de julho, após eleição por unanimidade ocorrida a 7 de junho de 2021, tomou posse, perante o Conselho Geral, o professor Luís António Ferreira dos Santos como Diretor do Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva para o quadriénio 2021-2025.

A cerimónia decorreu no auditório do Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva,perante o Conselho Geral e diversos representantes da comunidade local.

Na mesa, presidida pela Presidente do Conselho Geral, Alice Nascimento, estiveram, o Presidente da Câmara Municipal de Castelo Branco, José Augusto Alves, o Diretor cessante, Rui Duarte, e o Diretor eleito, Luís Santos.

Nas suas intervenções, os membros da mesa realçaram a plena confiança da Comunidade Educativa no trabalho de excelência do novo Diretor do Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva, tendo sublinhado as suas qualidades pessoais e profissionais, refletidas no seu ambicioso projeto de intervenção, que denota sentido de missão, visão estratégica, valores humanistas, determinação e capacidade de liderança.

Nas primeiras palavras que dirigiu à Comunidade Educativa na qualidade de Diretor, o Prof. Luís Santos sublinhou: “Inicio hoje, como Diretor do Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva, uma nova etapa da minha vida profissional. O Projeto de Intervenção que elaborei, e que define a visão política educativa que desejo que identifique o Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva no quadriénio 2021/2025 e a sua visão estratégica, resultou da reflexão sobre aspetos de natureza pessoal, institucional e de contexto, do meu conhecimento profundo do agrupamento, da participação ativa e da coordenação de várias estruturas intermédias, do diálogo e do compromisso que estabeleci com os diferentes elementos que constituem a comunidade educativa: professores, assistentes técnicos e operacionais, alunos, pais e encarregados de educação, dirigentes e entidades parceiras.

É minha intenção continuar a contribuir para que o Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva tenha uma capacidade de visão e de intervenção ampla, voltada para o futuro e cada vez mais virada para a comunidade, criando e cimentando parcerias.Que seja um agrupamento gerador de competências, conhecimento, oportunidades e soluções, gestor de dinâmicas, de participação e interação com a comunidade; um agrupamento que seja capaz de estabelecer a necessária interligação da educação com as atividades sociais e culturais, capaz de capacitar para aprendizagens ao longo da vida, de proporcionar aos alunos, pais e encarregados de educação, pessoal docente e não docente e à comunidade educativa um crescer em conjunto através do diálogo, da interculturalidade e da inclusão, facilitando a construção do conhecimento e o desenvolvimento integral dos alunos, norteado pela consolidação dos valores da responsabilidade, do trabalho, da exigência, da solidariedade, da partilha, da confiança, da justiça, da cidadania responsável e da inclusão, da promoção do sucesso educativo, escolar, social e inclusivo, proporcionando aos alunos uma formação integradora e geradora de sucesso na escola e na vida.

Acredito hoje, como sempre acreditei, que as pessoas com a sua diversidade, a sua tolerância, o seu espírito colaborativo perante compromissos comuns, são a chave para a melhoria e a mudança. Na medida adequada e ajustada, por ser um trabalho coletivo, a todos caberá participar na análise dos problemas e vontades, auxiliar na construção de soluções e estratégias, desenvolvê-las e avaliá-las, para de novo melhorar, numa perspetiva de responsabilização e garantia de que acontece educação e formação.

Cumprir a missão que se espera de uma instituição como o Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva é um esforço coletivo, do qual se ambiciona empenho e determinação, enquadrados num clima de possibilidades em que o profissionalismo e a inovação sejam naturais respostas aos desafios e problemas.

Sei onde estou e para onde quero ir, e só encontro sentido neste percurso se os que me rodeiam quiserem ir também e quiserem ir comigo.

Sozinhos vamos mais rápido, juntos vamos mais longe…”

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: