14.9 C
Castelo Branco
Domingo, Agosto 1, 2021
No menu items!
InícioEntrevistaENTREVISTA: Assis só irá ao congresso do PS como presidente do CES

ENTREVISTA: Assis só irá ao congresso do PS como presidente do CES

Francisco Assis só irá ao congresso do PS se for convidado a assistir enquanto presidente do Conselho Económico e Social (CES), porque não tem qualquer responsabilidade ou atividade partidária, nem pretende ter enquanto se mantiver nas atuais funções.

“Não sou membro de nenhum órgão do partido, nem me candidatei a delegado ao congresso, por isso nem sequer tenho lugar no congresso, quando muito irei lá como convidado, se houver condições para convidarem”, disse o presidente do CES em entrevista à agência Lusa, lembrando que é usual os partidos convidarem diversas entidades para assistirem aos seus congressos.

Assim, se a pandemia da covid-19 não impedir o PS de ter convidados na sua reunião magna, Francisco Assis lá estará, em agosto, na qualidade de presidente do CES.

“Se houver condições para tal, irei com todo o gosto, como irei a congressos de outros partidos que me convidem”, afirmou.

Francisco Assis assegurou que o PS continua a ser o seu partido, mas considerou que não faz sentido ser presidente do CES e continuar a ter atividade partidária, por isso nem sequer opina sobre questões político partidárias.

“Não reneguei nada, toda a gente sabe qual é o meu posicionamento político e partidário, mas neste momento, de certa maneira, há uma suspensão da minha atividade no interior do partido, não fazia sentido estar aqui [na presidência do CES] e ter atividade no PS”, disse.

Lembrou que, depois de ter sido deputado europeu, entre 2014 e 2019, esteve um ano sem qualquer tipo de intervenção política, limitando-se à atividade cívica e ao comentário político, que também deixou de fazer quando foi eleito para o CES, há um ano.

Francisco Assis disse ainda à Lusa que não se iria pronunciar sobre questões relacionadas com o PS ou com o seu próximo congresso.

“Não tenho condições objetivas para dar opinião sobre o que se vai passar no congresso”, disse, acrescentando que depois de sair do CES não deixarei de ter intervenção pública.

O 23.º Congresso Nacional do Partido Socialista estava marcado para este fim de semana (10 e 11 de julho), mas foi adiado para 28 e 29 de agosto, devido ao agravamento da situação pandémica.

*LUSA

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: