9 C
Castelo Branco
Sábado, Dezembro 4, 2021
No menu items!
InícioNacionalColinas do Douro premiado no Concurso Mundial de Bruxelas 2021

Colinas do Douro premiado no Concurso Mundial de Bruxelas 2021

O produtor de vinhos do Douro Superior foi distinguido no Concurso Mundial de Bruxelas, uma referência entre as competições internacionais do setor

O produtor de vinhos do Douro Superior, Colinas do Douro, foi premiado com Medalha de Ouro nos vinhos Quinta da Pedra Cavada Tinto 2019, Quinta da Extrema Cabernet Sauvignon 2018 e Quinta da Extrema Reserva Tinto 2018 no Concurso Mundial de Bruxelas deste ano.

“A equipa da Colinas do Douro está muito feliz com estas distinções conquistadas na 28ª edição do Concurso Mundial de Bruxelas”, afirma Jorge Rosa Santos, enólogo deste produtor do Douro Superior.

“Estamos muito orgulhosos que a qualidade dos nossos vinhos da região do Douro Superior tenha sido condecorada nesta competição internacional tão importante para o setor”,acrescenta.

O Concurso Mundial de Bruxelas, uma referência entre as competições internacionais do setor, procura premiar os melhores vinhos do mundo, incluindo produtos com preços variados.

Esta 28ª edição decorreu na cidade do Luxemburgo, no Luxemburgo, entre os dias 18 e 26 de junho.

Este ano, o júri internacional degustou e pontuou 10.000 vinhos, entre os quais Quinta de Lemos esteve em grande destaque.

Sobre os Vinhos Colinas do Douro

Com um pé na Beira Interior e outro no Douro Superior, os vinhos Colinas do Douro beneficiam da singularidade da sua localização – entre dois “terroirs” únicos.

Situada em cima da transição geológica do granito da Beira para o xisto do Douro, a propriedade de Colinas do Douro tira proveito desse facto com experiências bem-sucedidas no domínio dos vinhos.

Tirando partido desses solos – e de estarem à cota de 640 metros, o que se traduz em vinhas de altitude -, os vinhos aqui produzidos são marcados por três elementos-chave: elegância, acidez e mineralidade.

O resultado são vinhos complexos e únicos, com potencial de guarda.

Às várias referências existentes de Colinas do Douro – entre brancos, tintos e uma colheita tardia –, somam-se cinco outras referências com uma designação diferente: Quinta da Extrema.

Sendo este o nome de uma das propriedades que compõem a quinta de 450 hectares, é também o dos vinhos mais marcantes do projeto, por melhor traduzir a singularidade do seu terroir.

A Quinta da Extrema é única, porque é atravessada pela marcante transição geológica Granito/Xisto, que separa o Planalto Beirão e os primeiros vales da Bacia Hidrográfica do Rio Douro.

Aqui, em particular, estão reunidas condições únicas para a produção de vinhos com perfil singular, resultado da junção de três características: Altitude, Exposição Norte e Transição Geológica.

Estes vinhos são marcadamente elegantes, frescos, minerais e com longevidade. Todos os anos é ainda lançado uma monocasta com uma casta estrangeira, que promete surpreender os enófilos.

Sobre os vinhos Colinas do Douro premiados no Concurso Mundial de Bruxelas 2021

O Quinta da Pedra Cavada Tinto 2019 tem como base as castas Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Roriz, Tinto Cão e Tinta Francisca.

Apresenta uma cor ruby, um aroma complexo com destaque para frutos vermelhos maduros, notas de baunilha e especiarias.

Na boca é denso e volumoso, com final muito longo.

O Quinta da Extrema Cabernet Sauvignon 2018, produzido a partir de Castas 100% Cabernet Sauvignon, apresenta uma cor rubi profunda, quase opaca, e uma complexidade aromática, com notas de pimentos maduros, terroso e fruta preta.

As notas de caixa de charuto, especiado e balsâmico surgem do prolongado estágio em madeira.

Por fim, o Quinta da Extrema Reserva Tinto 2018 tem como base as castas do Douro Touriga Nacional e a Touriga Franca e apresenta um perfil floral e taninos delicados. Este vinho apresenta redondez na boca.

 

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: