23.9 C
Castelo Branco
Terça-feira, Setembro 28, 2021
No menu items!
InícioCulturaDocentes do IPCB editam livro com a Springer

Docentes do IPCB editam livro com a Springer

Luísa Correia Castilho, Rui Dias e Francisco Pinho, docentes da Escola Superior de Artes Aplicadas do IPCB, são editores do livro “Perspectives on Music, Sound and Musicology. Research, Education and Practice”, editado pela Springer, com data de lançamento no mês de agosto de 2021.

O livro reúne um conjunto de capítulos que destacam os avanços significativos nas áreas da música e do som.

Inclui novas perspetivas ao nível das tecnologias musicais inovadoras, acústica, avanços em termos de musicologia, novos prismas e técnicas de composição, sound design e síntese sonora, e métodos de ensino e terapia musical.

Além disso, integra tópicos relevantes em áreas de intersecção como a música e a informática, o design e as ciências sociais.

Os capítulos deste livro resultam de um convite endereçado aos autores dos melhores artigos apresentados na 6.ª e 7.ª edições do EIMAD – Encontro de Investigação em Música, Artes e Design, realizado em 2020 e 2021, respetivamente, na Escola Superior de Artes Aplicadas do IPCB, Portugal.

O livro insere-se na coleção “Current Research in Systematic Musicology” da prestigiada editora Springer e pode encontrar-se no website da editora (https://www.springer.com/gp/book/9783030784508) ou Amazon, onde já está anunciado.

Luísa Correia Castilho é docente do IPCB desde 1987, atualmente como Professora Coordenadora em Música, na Escola Superior de Artes Aplicadas do mesmo instituto.

Doutorada pela Universidade de Évora, mestre em Ciências Musicais pela Universidade de Coimbra e Licenciada em Ciências Musicais pela Universidade Nova de Lisboa, detém ainda estudos de Piano, Canto, Violino e Flauta de Bisel.

Participou em congressos e colóquios, nacionais e internacionais, no âmbito da musicologia e da educação, tendo em muitos deles pertencendo à comissão científica ou de organização.

Publicou artigos em revistas nacionais e internacionais.

Fez parte de projetos de investigação no qual se destaca: Estudos de Música Instrumental em Portugal: 1755-1834; Ordo Christi – Património Artístico da Ordem de Cristo entre o Zêzere e o Tejo (séc. XV e XVI).

Atualmente faz parte do projeto Texts and voices lost and found. Recovering, reconstituting, and recreating musical fragments (c.1100-c.1600).

É membro integrado do CESEM – Centro de Estudo de Sociologia e Estética Musical e membro colaborador do Age.Comm – Unidade de Investigação Interdisciplinar – Comunidades Envelhecidas Funcionais.

Rui Dias é docente desde 2005 e coordenador desde 2007 da variante de Música Eletrónica e Produção Musical da licenciatura em Música da ESART-IPCB.

É doutorado em Media Digitais – Criação de Audiovisual e de Conteúdos Interativos, pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, tem o título de especialista em Música – Composição Electroacústica, mestrado em Multimédia pela Universidade do Porto, licenciatura em Composição pela Escola Superior de Música e das Artes do Espectáculo do Instituto Politécnico do Porto e o curso complementar de Piano do Conservatório Calouste Gulbenkian de Braga.

Tem como principais áreas de investigação os sistemas musicais e multimédia interativos e a geração automática de música. Desenvolve regularmente trabalho de criação artística nas áreas de composição musical e das média artes.

Francisco Pinho é docente da área de Música e Artes do Espetáculo da ESART-IPCB, onde desempenha desde fevereiro de 2019 funções de Diretor.

É doutor na área “Las Actividades Física y Artísticas” pela Universidad de Extremadura, mestre em Ciências Musicais pela Universidade de Coimbra e licenciado em Ciências Musicais – Musicologia pela Universidade Nova de Lisboa (Faculdade de Ciências Sociais e Humanas).

É investigador integrado do Instituto de Etnomusicologia – Centro de Estudos em Música e Dança.

Entre 2010 e 2012 foi presidente do Conselho Técnico-Científico da ESART; entre 2011 e 2019, foi Coordenador da Unidade Técnico-Científica de Música e Artes do Espetáculo da ESART; e entre 2015 e 2017, foi coordenador da licenciatura em música na mesma instituição.

 

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: