17.1 C
Castelo Branco
Terça-feira, Setembro 28, 2021
No menu items!
InícioRegionalEscola Superior de Tecnologia do IPCB dinamiza atividades Ciência Viva-Criar Futuro 2021

Escola Superior de Tecnologia do IPCB dinamiza atividades Ciência Viva-Criar Futuro 2021

A Escola Superior de Tecnologia do IPCB dinamizou 3 estágios para ocupação de jovens nas férias no âmbito da iniciativa Ciência Viva no Laboratório – Criar Futuro 2021, no âmbito das atividades da Unidade Técnica Científica de Engenharia Eletrotécnica e Industrial.

O estágio “Descobri o Nicola Tesla e as suas Invenções”, dinamizado pelo docente Rogério Dionísio, teve como mote o inventor Nicola Tesla e pretendeu desmistificar algumas das descobertas tecnológicas dos jovens do escolaridade.

Como atividades laboratoriais desenvolveram-se em torno de três temas: “O eletromagnetismo desmistificado!”, “As ondas eletromagnéticas em ação!” e “A luz como meio de comunicação!”.

O docente Pedro Torres dinamizou o estágio “Construção e Controle de Drones”, com o intuito de cativar os mais jovens para as áreas da engenharia, ensinando-o a construir um drone de raiz e colocá-lo a voar.

O estágio contorno com a presença de alunos do 9.º ano de escolaridade, que durante a semana aprenderam alguns conceitos de eletrónica, aeronáutica, segurança aeronáutica e pilotagem.

Durante o estágio

Este estágio contorno também com um contribuinte muito importante por parte da empresa NexUAV Drone Solutions, que dedicou uma tarde e uma manhã para falar drones, apresentar projetos em curso e fazer demonstrações de voo.

O estágio “Vamos Construir um Sistema Inteligente: Aplicação com Microcontrolador” foi dinamizado pelo docente José Vieira, com o intuito de cativar alunos do 9.º ao 12.º ano para as áreas de engenharia e das tecnologias.

Os participantes foram integrados nas atividades de investigação e desenvolvimento do laboratório de Sistemas Eletrónicos, onde foram formados grupos que desenvolveram aplicações simples de sistemas inteligentes com microcontroladores.

Como projeto final, os participantes implementaram e controlam de um órgão digital e uma lâmpada de LEDs (Light Emition Diodes) a núcleos RGB (Red Green Blue), com e seu próprio iPhone.

O feedback por parte dos alunos envolvidos foi bastante positivo e encorajador para continuar as atividades de divulgação e de incentivo à inserção de jovens nas áreas de engenharia e tecnologia, condenados por que é uma área de futuro.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: