12.3 C
Castelo Branco
Terça-feira, Setembro 28, 2021
No menu items!
InícioDesportoCICLISMO: Volta a Portugal Santander começa esta quarta-feira

CICLISMO: Volta a Portugal Santander começa esta quarta-feira

  • Vão começar os 1568,2 Km da 82ª Volta a Portugal Santander
  • Pelotão pedala entre a Praça do Império e a Avenida da Europa

O nervoso miudinho já se apoderou do pelotão. Sonhos e ambições misturam-se com a incerteza da alta montanha que faz desta edição uma das mais difíceis dos últimos anos.

Faltam já poucas horas para começar, em Lisboa, a 82ª Volta a Portugal Santander e toda a caravana está ansiosa para assistir à Grande Partida.

As 18 equipas que vão inundar de cor as estradas portuguesas até à chegada a Viseu, a 15 de agosto, foram apresentadas esta terça-feira durante a emissão do programa “Há Volta” da RTP transmitido durante a tarde, em direto da Praça do Império, junto ao Mosteiro dos Jerónimos.

Marco Chagas, comentador da estação oficial da Volta, analisou, em pormenor, todos os blocos que compõem o pelotão de 126 homens e detalhou as muitas dificuldades do percurso.

A competição começa esta quarta-feira com o Prólogo lisboeta, um contrarrelógio com pouco mais de cinco quilómetros com partida e chegada na Praça do Império e trajeto na Avenida da Índia com ponto de retorno junto ao viaduto de Alcântara.

O desfile individual dos corredores começa às 15h20.

O primeiro corredor na estrada será o britânico William Bjergfelt (Swift Carbon) e de minuto a minuto haverá partidas até às 17h25, quando Amaro Antunes (W52-FC Porto) entrar em prova.

Devido à realização do Prólogo e para garantir a segurança de todos, a Polícia de Segurança Pública (PSP) restringiu a circulação rodoviária no percurso, sendo o encerramento efetivo ao trânsito entre as 7 horas e as 21h30 desta quarta-feira.

As Cores das Camisolas

Estão quatro classificações em discussão na 82ª Volta a Portugal Santander que representam outras tantas camisolas de líder.

A Amarela Santander, símbolo de supremacia na classificação geral individual, é entregue, todos os dias, ao corredor que menos tempo totalizar no conjunto das etapas.

A Camisola Verde Rubis Gás destaca o ciclista mais regular e o que nas Chegadas e Metas Volantes conseguir somar o maior número de pontos tornando-se o líder da classificação por Pontos.

Na luta pelo Prémio da Montanha este ano há uma novidade: a Camisola das Bolinhas Continente. A marca associa-se, pela primeira vez, em Portugal, ao símbolo que destaca o Rei dos Trepadores, o corredor que mais pontos somar nas contagens de Montanha.

A Camisola Branca Jogos Santa Casa está reservada para o Prémio da Juventude, ou seja, para o atleta da categoria Sub23 melhor classificado.

 

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: