26.1 C
Castelo Branco
Quinta-feira, Setembro 16, 2021
No menu items!
InícioCulturaCONSTÂNCIA: Tomar do sol a altura…

CONSTÂNCIA: Tomar do sol a altura…

Sábado,14 de agosto, às 18 horas, no Jardim-Horto de Camões

Promovida pelo Centro Ciência Viva de Constância, com a colaboração da Associação da Casa-Memória de Camões, terá lugar no Jardim-Horto uma atividade integrada no programa Ciência Viva no Verão no sábado, 14 de agosto.

A 14 de agosto de 1497, a frota de Vasco da Gama navegava a sul da ilha de Santiago (Cabo Verde), em direção ao Cabo da Boa Esperança.

A navegação, que, até aí, era baseada na medição da altura da Estrela Polar, começava a tornar-se difícil por esta estrela ficar cada vez mais próxima do horizonte – a norte – à medida que navegavam para sul.

«Assi, passando aquelas regiões
Por onde duas vezes passa Apolo,
Dous Invernos fazendo e dous Verões,
Enquanto corre dum ao outro Pólo,
Por calmas, por tormentas e opressões,
Que sempre faz no mar o irado Eolo,
Vimos as Ursas, a pesar de Juno,
Banharem-se nas águas de Neptuno.

(V,15)

Por outro lado, a determinação da latitude pela altura do Sol e, simultaneamente, consulta de tabelas produzidas pelos cosmógrafos, revelava-se sempre difícil, pois os balanços dos navios impediam leituras corretas.

Assim, quando era possível, os pilotos desembarcavam com grandes astrolábios para, em terra, realizarem medições de maior precisão e marcarem a posição nos mapas.

«Desembarcamos logo na espaçosa
Parte, por onde a gente se espalhou,
De ver cousas estranhas desejosa,
Da terra que outro povo não pisou.
Porém eu, cos pilotos, na arenosa
Praia, por vermos em que parte estou,
Me detenho em tomar do Sol a altura
E compassar a universal pintura.

(V,26)

A atividade consistirá na apresentação de alguns detalhes da determinação da latitude a partir da medição da altura do Sol, com base em alguns instrumentos semelhantes aos utilizados na época dos Descobrimentos e que Camões refere em Os Lusíadas.

«…TOMAR DO SOL A ALTURA E COMPASSAR A UNIVERSAL PINTURA…»será dinamizada pelo astrónomo Máximo Ferreira. Ana Maria Dias lerá alguns versos que Camões utilizou para descrever pormenores e factos da viagem de Vasco da Gama.

Para mais informações e inscrições, consultar a página da Ciência Viva no Verão na internet.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: