14.9 C
Castelo Branco
Terça-feira, Setembro 28, 2021
No menu items!
InícioRegionalPROENÇA-A-NOVA: Via Ferrata das Talhadas pronta a ser explorada

PROENÇA-A-NOVA: Via Ferrata das Talhadas pronta a ser explorada

A Via Ferrata das Talhadas, a mais extensa de Portugal com cerca de 2190 metros na totalidade, está pronta a ser explorada, depois de finalizadas as últimas sinalizações.

Inicia-se na Torre de Vigia, obra do arquiteto Álvaro Siza Vieira, pressupondo uma caminhada de 20 minutos, cerca de 800 metros, até ao local onde se encontra o primeiro sector, terminando no mesmo local.

De travessia, circular, esta ferrata é composta por 11 sectores, com uma ponte himalaia de 15 metros e uma ponte suspensa de 40 metros.

Entre sectores existem trilhos assinalados, que devem ser respeitados, para segurança de todos e pela preservação do espaço natural.

Projeto adiado pela situação da pandemia, está agora ao acesso de todos.

Esta Via Ferrata, à imagem de tantas outras, caracteriza-se por se localizar em paredes rochosas de montanha, com a utilização de escadas, pontes, cavilhas e agrafos para facilitar a progressão, permitindo ainda desfrutar de zonas de escalada com segurança e menor dificuldade, uma vez que a paisagem é um dos pontos mais atrativos deste traçado, como refere José Santos, executor desta via.

Insere-se dentro de um projeto de valorização desta área, incluída no Geopark Naturtejo da Meseta Meridional, no qual se pode observar toda a riqueza geológica da serra, zonas escavadas pelo Rio Ocreza ao longo dos anos e uma paisagem ímpar, contando com a diversidade de fauna e flora, que acompanha toda a experiência.

Existe ainda uma série de cuidados a ter no momento de travessia da Via Ferrata: garantir a utilização de EPI (Equipamento de Proteção Individual), ter atenção às condições meteorológicas, não utilizar este equipamento com trovoadas ou períodos de risco de incêndio muito elevado ou máximo; nas secções horizontais apenas pode passar um utilizador; nas secções verticais deve-se deixar pelo menos uma secção de cabo livre entre diferentes utilizadores; na ponte himalaia apenas é permitida a passagem de um utilizador de cada vez e na ponte suspensa de dois utilizadores; deve ainda permanecer conectado ao cabo de aço de segurança até ao fim da Via Ferrata.

Esta atividade não está isenta de perigos, podendo inclusive ocorrer acidentes graves ou até fatais.

O Município e a entidade instaladora advertem que a utilização do equipamento é da exclusiva responsabilidade de cada utilizador, bem como os danos que causarem a terceiros, estando disponíveis indicações complementares na página no Município e no local.

A via ferrata das Talhadas enquadra-se no Festival da Paisagem, promovido pelo Geopark Naturtejo no âmbito da Estratégia de Eficiência Coletiva iNature, via PROVERE – Programa de Valorização Económica de Recursos Endógenos, e conta com financiamento pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) através do CENTRO 2020 – Programa Operacional Regional do Centro.

 

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: