14 C
Castelo Branco
Terça-feira, Setembro 21, 2021
No menu items!
InícioCulturaReal Associação da Beira Interior organizou palestra“ Já Leram a Poesia de...

Real Associação da Beira Interior organizou palestra“ Já Leram a Poesia de Dom Tomaz de Noronha?”

A Real Associação da Beira Interior, organizou uma palestra no dia 27 de Agosto, subordinada ao tema – “Já Leram a Poesia de Dom Tomaz de Noronha?”.

O orador convidado foi o albicastrense, professor, investigador e poeta António Salvado, o evento decorreu na Biblioteca Municipal de Castelo Branco e teve o apoio da Câmara Municipal de Castelo Branco.

Na Mesa esteve o orador e o Vice-Presidente da Real Associação da Beira Interior – Luís Duque-Vieira.

Dom Tomaz de Noronha, poeta satírico do Século XVII, escreveu centenas de poemas, mas poucos viram a sua impressão, foi uma recolha chamada – “Fenix Renascentista”.

A sua obra foi estudada, apenas, nos Séculos XIX e XX.

A obra satírica de Dom Tomaz de Noronha insere-se em coordenada importantíssima da história da poesia portuguesa: a que diz respeito à sátira, à ironia e ao humor.

Dom Tomaz de Noronha soube com mestria, evitar os aspectos negativos do gongorismo, revertendo este, no seu melhor, em arma linguística e estilística a favor de uma mensagem ramificadamente impressionante, sabendo afastar supérfluas roupagens, elaborando um discurso poético, expressivo e chocante.

Dom Tomaz de Noronha nasceu em Alenquer e pelo que se sabe também faleceu em Alenquer no ano de 1651 e casou por duas vezes.

Escreveu 319 poemas, dos quais 241 permanecem inéditos.

Era filho de Dom Pedro de Noronha (fidalgo, escudeiro do Rei Dom Sebastião I) e Dona Maria Jordana, senhora também da nobreza.

A obra poética de Dom Tomaz de Noronha é constituída por: canções, décimas, epigramas, glosas, oitavas, quadras, quintilhas, sextilhas e romances.

Nas centenas de poemas que nos deixou, actualmente são várias as antologias que permitem um conhecimento mais apurado do poeta.

Durante a palestra foi declamada poesia de Dom Tomaz de Noronha, por parte de Maria de Lurdes Barata (Milola), Maria de Lurdes Riscado (Milu), António Costa Alves e José Diais Pires.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: