26.1 C
Castelo Branco
Quinta-feira, Setembro 16, 2021
No menu items!
InícioRegionalCovid-19: Vacinação suspensa em Gouveia devido a possível falha na cadeia de...

Covid-19: Vacinação suspensa em Gouveia devido a possível falha na cadeia de frio

A vacinação na Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados (UCSP) de Gouveia, distrito da Guarda, foi suspensa na sequência de uma possível falha na cadeia de frio, informou hoje a ‘task-force’ que coordena o processo.

“A vacinação no UCSP Gouveia foi suspensa pela coordenação da ´task-force` de vacinação para averiguação do cumprimento das normas e procedimentos em vigor. Esta decisão decorre de uma alegada falha na cadeia de frio”, referiu a estrutura liderada por Gouveia e Melo, num comunicado.

Na mesma nota, o organismo que coordena o Plano de Vacinação contra a Covid-19 salientou não ser “expectável que este incidente tenha efeito na saúde dos utentes”, tendo em conta “as características das vacinas contra a covid-19”.

Apesar dessa ressalva, a ´task-force` adiantou que os utentes vacinados entre 02 e 04 de setembro “serão contactados pelas entidades de saúde, nos próximos dias, no sentido de monitorizar a eficácia das vacinas inoculadas”.

A estrutura responsável pela coordenação da vacinação em Portugal continental acrescentou que o Infarmed, a Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde, está a acompanhar a situação.

“Na eventualidade de existir alguma suspeita de reação adversa, esta deve ser comunicada através do Portal RAM (https://www.infarmed.pt/web/infarmed/submissaoram)”, reforçou a ´task-force`.

Segundo o mesmo comunicado, os agendamentos previstos para este centro de vacinação serão reagendados para outros centros nas proximidades e será “solicitada uma investigação dos factos à Inspeção-Geral das Atividades em Saúde”.

A covid-19 provocou pelo menos 4.574.225 mortes em todo o mundo, entre mais de 221,13 milhões de infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

Em Portugal, desde março de 2020, morreram 17.816 pessoas e foram contabilizados 1.048.941 casos de infeção confirmados, segundo dados da Direção-Geral da Saúde.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, Índia, África do Sul, Brasil ou Peru.

*LUSA

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: