12.8 C
Castelo Branco
Quinta-feira, Dezembro 2, 2021
No menu items!
InícioRegionalFibra ótica chega a todas as Aldeias do Xisto até 2023

Fibra ótica chega a todas as Aldeias do Xisto até 2023

A ADXTUR e a Altice Portugal assinaram um protocolo que prevê o alargamento da cobertura de fibra ótica e rede móvel nas Aldeias do Xisto.

O processo, que abrange 14 aldeias até final deste ano, estará completo em 2023 e inclui ainda a instalação de 11 estações móveis, assegurando a cobertura das redes 4G e 5G.

A ADXTUR – Agência para o Desenvolvimento Turístico das Aldeias do Xisto e a Altice Portugal assinaram, a 18 de novembro, um protocolo que estabelece o alargamento da cobertura de fibra ótica e rede móvel nas 27 Aldeias do Xisto.

Está dado, assim, mais um passo para completar um puzzle com uma peça até agora em falta: a conectividade.

«Hoje, a tecnologia é uma infraestrutura básica para podermos comunicar e criar ainda mais valor a partir deste território que são as Aldeias do Xisto», considerou o presidente da ADXTUR.

“O projeto das Aldeias do Xisto começou com pouco mais de meia dúzia de parceiros”, recordou Paulo Fernandes, acrescentando que muito se trabalhou para estimular a autoestima das comunidades e o espírito de rede. Um trabalho que se materializou numa rede e na afirmação de «uma das marcas mais improváveis, mas também mais especializadas na relação simbiótica entre natureza e comunidades. Os elos de comunicação mais orgânicos estão criados, mas precisamos da camada da conectividade para que todos os que querem estar, viver e trabalhar nas Aldeias do Xisto o possam fazer cada vez mais», sublinhou.

O presidente da ADXTUR reconhece o desafio que se segue, tendo em conta que «é um dos territórios mais interiores e complexos do ponto de vista orográfico.» 

Não duvida, contudo, que será cumprido. Paulo Fernandes sublinhou ainda que a parceria estabelecida com a Altice Portugal não se limita à questão das infraestruturas. As Aldeias do Xisto são um “laboratório vivo” e reúnem «um conjunto endógeno de ativos, recursos e potencial para chegar mais longe.» Por isso, o protocolo prevê que a ADXTUR e a Altice Portugal colaborem para encontrar «novas formas de prototipar serviços”, criando mais valor em torno destes recursos e alterando a perceção de valor de uma zona do país que ainda tem muito para oferecer», refere.

«Num verdadeiro projeto de interesse público, potenciando a criação de valor nestes territórios e na região como um todo, é na consolidação da sua estratégia, na sua ação e na sua relação com estas regiões que a Altice Portugal promove o combate à desertificação e às desigualdades territoriais, proporcionando maior atratividade, investimento e turismo», refere a Altice Portugal em comunicado.

«Este investimento será mais uma das alavancas fundamentais para a excelência no turismo destas aldeias e desta região. Já somos uma referência e este investimento será o mote para que sejamos a referência. Seremos um verdadeiro exemplo de qualidade na Europa e no Mundo. Primeiro fizemo-lo com as Aldeias Históricas e agora com as Aldeias do Xisto e os resultados já obtidos devem ser um motivo de orgulho de todos e de grande satisfação em relação ao impacto positivo que causamos aos turistas nacionais e estrangeiros», refere Alexandre Fonseca, presidente executivo da Altice Portugal.

Segundo o presidente executivo da Altice Portugal, Alexandre Fonseca, a empresa compromete-se a levar a fibra ótica até 14 Aldeias do Xisto, ainda este ano, prevendo-se que toda a rede terá cobertura até 2023. Porque a «complementaridade de serviços fixos e móveis é importante», serão também instaladas 11 estações móveis, reforçando as redes 4G e 5G. «Nenhum de nós tem dúvidas: o futuro é digital», disse o responsável, acrescentando que a aposta na tecnologia é decisiva para a «captação de investimento. E quando captamos investimento, criamos emprego e quando criamos emprego estamos a fixar população e desenvolvemos as economias regionais». Alexandre Fonseca considera que este projeto agrega «dois conceitos que têm de andar de mãos dadas: a modernidade e a tradição», procurando construir «um Portugal onde todos gostem de estar, trabalhar, viver e onde todos sejam felizes.»

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: