10 C
Castelo Branco
Segunda-feira, Novembro 29, 2021
No menu items!
InícioRegionalFreguesia de Castelo Branco: Eleitos do SEMPRE apresentam propostas para o Orçamento...

Freguesia de Castelo Branco: Eleitos do SEMPRE apresentam propostas para o Orçamento e Plano de Atividades 2022

Os eleitos do Sempre – Movimento Independente à Assembleia de Freguesia de Castelo Branco reuniram com elementos da Junta de Freguesia ao abrigo do direito de oposição, tendo deixado algumas das suas propostas para o Orçamento e Plano de Atividades 2022.

Na reunião, em representação do SEMPRE estiveram, João Delgado, Luís Caiola, Agnelo Quelhas e Manuela Henriques.

Apesar dos eleitos do Sempre terem sido liminarmente afastados de qualquer responsabilidade executiva pelo PS – aliás, em desrespeito flagrante pela grande massa de eleitores que depositaram a confiança neste Movimento -, não deixarão de assumir as suas responsabilidades de única grande força de oposição, e não baixarão os padrões de seriedade, frontalidade e de política pela positiva.

Neste sentido, o Sempre acredita que as propostas comunicadas ao Executivo da Junta podem ter um efeito muito positivo sobre a vida das populações da freguesia de Castelo Branco, e respetivas anexas, esperando que sejam aceites e implementadas.

Em breve resumo, as propostas apresentadas foram:

  • Coordenação, edição, publicação e divulgação trimestral de uma agenda de atividades de carácter popular e amador, que congregue toda a atividade desportiva, recreativa, de lazer e bem-estar, das diversas associações da freguesia;
  • Criação de uma aplicação em que as pessoas portadoras de deficiência motora, visual, ou outra, possam submeter em tempo real informação dos obstáculos de mobilidade urbana com que se vão deparando, com geo-localização automática – seja através de fotografia, descrição vocal ou descrição Esta aplicação formaria uma base de dados em tempo real de obstáculo de mobilidade urbana, que poderia servir de guia para a resolução de problemas mais urgentes por parte da autarquia;
  • Promoção de um plano de formação em dinamização e gestão associativa para quadros das nossas associações, para desenvolvimento de novas competências e fomento da criatividade;
  • Criação de uma bolsa de benefícios relevantes para os quadros diretivos das associações e coletividades da Freguesia, por forma a tornar a participação diretiva associativa mais atrativa, fomentando assim o potencial de renovação daqueles;
  • Criação de placas informativas no início e fim de cada uma das artérias mais relevantes do centro da cidade, com informação clara, visível, atrativa e mapeada das lojas, estabelecimentos e comércios existentes em cada rua;
  • Dinamização de uma campanha forte e generalizada de sensibilização para a mobilidade sustentável, e para os meios de transporte de baixo impacto ambiental;
  • Criação de espaços-ateliers para o fomento das artes amadoras e populares, onde a população possa ter à sua disposição os materiais e infraestruturas necessárias para o desenvolvimento da sua criatividade – rodas de oleiro, material de pintura e artes plásticas, salas de ensaio para bandas,
  • Instituição do Dia Anual da Mostra Desportiva Associativa: criação de um dia anual em que as associações da Freguesia possam fazer demonstração das diversas modalidades desportivas que dinamizam, articulando com os Agrupamentos de Escolas, para que as crianças e jovens do concelho possam visitar e experimentar cada uma delas, com especial ênfase para as modalidades desportivas mais minoritárias;
  • Requalificação e arborização da zona da Fonte Velha dos Lentiscais;
  • Realização imediata de uma sessão pública com a participação da população dos Lentiscais, esclarecendo definitivamente a obra do Campo das Festas dos Lentiscais, e ouvindo os interesses das populações;
  • Implementação célere e urgente da obra em cima mencionada, por forma a colmatar os excessivos anos de inatividade do anterior Executivo da Freguesia neste domínio, e o desinteresse do mesmo pelas populações das anexas;
  • Resolução urgente do problema de falta de pressão de água na zona alta da Taberna Seca;
  • Implementação de lombas e sinalização adequada na zona da estrada nacional que atravessa a Taberna Seca, para melhor segurança dos peões.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: