2.8 C
Castelo Branco
Quarta-feira, Janeiro 26, 2022
No menu items!
InícioRegionalAssociação Amato Lusitano assinalou Dia Internacional pela Eliminação da Violência Contra...

Associação Amato Lusitano assinalou Dia Internacional pela Eliminação da Violência Contra Mulheres

Com o intuito de assinalar o Dia Internacional pela a Eliminação da Violência
Contra as Mulheres, que é assinalado em todo o mundo a 25 de novembro de 2021, a Amato Lusitano – Associação de Desenvolvimento (AL-AD), através da Estrutura de Atendimento a Vítimas de Violência Doméstica (EAVVD) e do projeto Bem-me-Quer 4G, desenvolveu uma campanha de sensibilização, no sentido de alertar para a existência das várias formas de exercer violência.

Nem sempre numa relação abusiva a violência física está presente.

No entanto, tal não significa que o relacionamento não seja violento.

Tendo em conta o trabalho desenvolvido nos diferentes Concelhos em que a EAVVD presta os seus serviços descentralizados, podemos constatar a dificuldade que existe em que a própria vítima assuma a violência emocional e psicológica como um tipo de violência.

A verdade é que as brutalidades das palavras podem-se anunciar de diferentes formas, e por vezes não são tão explícitas quanto imaginamos.

Assim, com o intuito de sensibilizar para esta problemática, elaborou-se uma campanha que permitiu construir um tríptico em formato de telemóvel, em grandes dimensões, em que era possível visualizar a conversações entre duas pessoas onde esteve presente esta problemática (violência verbal e psicológica).

Castelo Branco

No dia 25 de novembro de 2021 – Dia Internacional pela Eliminação da Violência Contra as Mulheres, este tríptico esteve exposto nas Câmaras do município de Castelo Branco, Oleiros e Proença à Nova, bem como, no Fórum e no Alegro em Castelo Branco.

Quando reportamos a esta temática da violência doméstica, falamos de uma realidade muito concreta: de homens, mulheres, crianças e idosos cuja venerabilidade enquanto pessoa humana é posta em causa.

Falamos daqueles com quem nos cruzamos no dia a dia e que merecem e exigem, também, uma resposta pública.

Não se trata de um fenómeno recente nem transitório, mas este é um crime em que todos/as, os Portugueses, temos a nossa quota de responsabilidade na prevenção e combate a este fenómeno.

Reforçamos que os nossos serviços são gratuitos e confidenciais, podemos ajudar ao nível de informação jurídica, do apoio emocional/psicológico e apoio social.

Poderá encontra-nos na morada:

Rua da Fonte Nova, Nº 1
Quinta da Fonte Nova, R/C
6000 – 167 Castelo Branco
E através do e-mail: nav.cbranco.amatolusitano@gmail.com
Telef.: 272 321 332 | 961 948 967

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: