18.9 C
Castelo Branco
Sexta-feira, Outubro 7, 2022
No menu items!
InícioDesportoJorge Jesus assume que não ficou feliz ao ver lenços brancos nas...

Jorge Jesus assume que não ficou feliz ao ver lenços brancos nas bancadas da Luz

O treinador do Benfica, Jorge Jesus, assumiu hoje que não ficou feliz por ver lenços brancos nas bancadas do Estádio da Luz, apesar da vitória sobre o Dínamo Kiev, na Liga dos Campeões de futebol.

Em conferência de imprensa, no Seixal, o técnico frisou que não está “habituado a isso, muito menos no Benfica”, no qual esteve seis anos na sua passagem anterior pelo clube, mas lembrou que não pode “fazer nada” em relação à contestação dos adeptos.

“Para mim é uma novidade, mas é a realidade. E o que tenho de fazer: tenho de continuar a tentar que o Benfica ganhe, como fizemos no último jogo, porque não posso fazer nada em relação a coisas que não dependem de mim. Não fico feliz, não fico satisfeito, porque não é a primeira vez que estou a treinar o Benfica, foram seis anos, e isso nunca aconteceu comigo”, esclareceu.

A contestação a Jorge Jesus, que se intensificou a partir da derrota com o Sporting, por 3-1, assim como a alegada insatisfação da estrutura do clube com o técnico, dominou, de resto, a antevisão do encontro com o Famalicão.

Questionado sobre o apoio do presidente e se o grupo está unido, Jesus frisou que Rui Costa “todos os dias está no Seixal”, e que ambos têm “uma ligação de amizade, mas também profissional”, mas desvalorizou o tema, frisando que a única coisa que lhe “interessa” é a sua “qualidade de treinador”, assim como “a qualidade dos jogadores e da equipa”.

“Só com estes dois propósitos, hoje, amanhã e sempre, podemos ter êxitos desportivos. Mais nada me preocupa. É aquilo que eu já não digo há muito tempo: zero”, sublinhou, fazendo com a mão o gesto a indicar o algarismo.

E ainda sobre o alegado interesse do Flamengo, do Brasil, em voltar a contar com os seus serviços, o técnico ‘encarnado’ assumiu que prefere “sentir o carinho” de onde trabalhou “do que o contrário”, mas frisou que não pode impedir as notícias que chegam do outro lado do Atlântico.

“O que é que eu tenho a ver com isso? O que posso fazer? Só se disser para as televisões não passarem aquilo que passa no Brasil. O que posso fazer? Não posso impedir nada”, desabafou Jorge Jesus.

Sobre o encontro com o Famalicão, Jorge Jesus lembrou que se trata de um adversário que “tem uma qualidade de jogo que não condiz com a classificação que ocupa”, o 14.º lugar, e assumiu que o Benfica vai “passar por momentos difíceis”, mas reiterou a confiança na conquista dos três pontos.

“Vai ser um jogo bem disputado. O Benfica quer continuar a ganhar, trabalhámos dentro do possível para preparar este jogo da melhor maneira e vamos muito confiantes para o jogo, com a intenção de que temos de trazer de lá os três pontos”, assinalou.

O Benfica visita no domingo o Famalicão, equipa que vem de duas derrotas consecutivas no campeonato, num encontro da I Liga portuguesa de futebol com início marcado para as 18:00, no Estádio Municipal de Famalicão, arbitrado por Hugo Miguel (AF Lisboa).

O encontro marca o regresso da equipa orientada por Jorge Jesus a jogos do campeonato, após o desaire no dérbi com o Sporting, (3-1), a que se seguiu a vitoria sobre o Dínamo Kiev (2-0) que valeu o apuramento para os oitavos de final da Liga dos Campeões.

*LUSA

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: