4 C
Castelo Branco
Sexta-feira, Janeiro 28, 2022
No menu items!
InícioRegionalIDANHA-A-NOVA: Edifícios municipais têm “luz verde” para reabilitação e eficiência energética

IDANHA-A-NOVA: Edifícios municipais têm “luz verde” para reabilitação e eficiência energética

O Programa Centro 2020 aprovou muito recentemente o investimento em três dos cinco edifícios municipais que a Câmara de Idanha-a-Nova candidatou para reabilitação no âmbito da eficiência energética e promoção de energias renováveis.

Centro Cultural Raiano, Arquivo Municipal e Piscinas Municipais são os três primeiros equipamentos com financiamento aprovado, aguardando-se decisão para a Escola Superior de Gestão e a Biblioteca Municipal.

O Centro 2020 também já aprovou a candidatura para reabilitação do Centro de Saúde de Idanha-a-Nova no âmbito do investimento em infraestruturas de saúde, com vista a obras de requalificação e eficiência energética.

A intervenção a realizar nestes seis equipamentos municipais representa um investimento global de mais de 2 milhões de euros.

“Temos investido e continuaremos a investir na modernização administrativa e na reabilitação dos equipamentos, infraestruturas e edifícios municipais”, afirma o presidente da Câmara de Idanha-a-Nova.

Armindo Jacinto adianta que “o objetivo é reabilitar e aumentar a eficiência energética dos edifícios municipais”. Por isso, o autarca recebeu “com satisfação a notícia de que o Centro 2020, na sua análise, viu mérito nos projetos candidatados e já deu ‘luz verde’ paraos três primeiros”.

As empreitadas visam a reabilitação das infraestruturas, em consonância com a melhoria da eficiência energética e, simultaneamente, o aumento do conforto térmico dos edifícios.

Incluem diversas operações, tais como: a substituição da iluminação dos edifícios por iluminação LED, a instalação de isolamento nas coberturas e nas paredes, a instalação de bombas de calor, a substituição de envidraçados e a instalação de sistema fotovoltaico, entre outras.

A implementação das medidas de eficiência energética permitirá atingir uma classe energética de “A”, com uma redução anual do consumo de energia primária e das emissões de CO2 nos edifícios.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: