10.3 C
Castelo Branco
Quarta-feira, Maio 25, 2022
No menu items!
InícioRegionalPNL comemorou na Sertã o Dia Mundial da Leitura em Voz Alta

PNL comemorou na Sertã o Dia Mundial da Leitura em Voz Alta

O PNL2027 comemorou na Sertã o Dia Mundial da Leitura em Voz Alta, com o espetáculo “Jogo de Cartas”.

Produzido pela ANDANTE Associação Artística, o espectáculo decorreu a 1 de fevereiro, na Casa da Cultura da Sertã, e contou com a participação de cerca de 20 alunos do 3.º ciclo do ensino básico e do ensino secundário do Agrupamento de Escolas da Sertã, com guião e direcção a cargo de Cristina Paiva e Fernando Ladeira.

Baseado em textos de Ana Pessoa, Mary John, Fernando Pessoa, Florbela Espanca e noutras cartas de literatura, o espetáculo descobriu recados, bilhetinhos, poemas, cartas e sms, pela voz dos alunos do AES e de Cristina Paiva (ANDANTE).

No final do espetáculo, os alunos distribuíram cartas pela plateia e desafiaram o público a ler as missivas em voz alta.

Carlos Alberto de Miranda, Presidente da Câmara Municipal da Sertã, agradeceu ao PNL pela escolha da Sertã para celebrar o “Dia Mundial da Leitura em Voz Alta”.

O autarca referiu-se à Sertã como sendo a Capital Nacional da Leitura, chamando a atenção para a realização da Maratona da Leitura no mês de julho e destacando o trabalho desenvolvido pela equipa da Biblioteca Municipal Padre Manuel Antunes.

Carlos Miranda deu também uma palavra de agradecimento à ANDANTE pelo trabalho desenvolvido e pela colaboração com a Câmara Municipal da Sertã em diversas ocasiões, nomeadamente na Maratona de Leitura.

O autarca elogiou os alunos e agradeceu o “fantástico trabalho” e “a forma apaixonada com que estiveram aqui em palco”, dando também uma palavra de reconhecimento aos professores que os acompanharam.

Carlos Alberto de Miranda desejou que aquele espectáculo seja um “incentivo para que todos possam descobrir ou aprofundar a descoberta da leitura”.

“A leitura é fundamental e ler é como andar de bicicleta, é uma aprendizagem e, depois, é fantástico quando nos dedicamos. (…) Nos tempos que correm, ler é um ato de resistência contra a pressa que nos impede de pensar, contra aqueles que nos querem obrigar a olhar o mundo sem o ver realmente, sem pensar e sem reflectir, de uma forma acrítica.”

É uma forma de “resistência contra aqueles que vão destruindo a sociedade com as suas mentiras e que esperam que sejamos suficientemente ignorantes para acreditar nas mentiras que nos contam. Ler é um ato de resistência contra a estupidez!”, finalizou o autarca.

Teresa Calçada, Comissária do PNL2027 mostrou-se bastante emocionada por “ver jovens a usar da palavra”, o seu objecto preferido no mundo.

“Ouvir aqui tantas palavras ditas, de tantas maneiras e de tantas vozes diferentes, é um momento de imensa comoção e razão para dar os parabéns a todos: à escola, ao município, aos alunos, às professoras bibliotecárias, à biblioteca municipal e à Associação Andante. (…) É a palavra que nos distingue como humanos, e é isso que temos que salvaguardar lendo e, enquanto lugar de liberdade, salvar aquilo que é específico do humano.”

Durante a cerimónia da comemoração

José Carlos Fernandes, Diretor do Agrupamento de Escolas da Sertã, destacou os inúmeros benefícios da leitura e referiu que “o Dia Mundial da Leitura em Voz Alta valoriza uma das mais nobres atividades da nossa vida. Agradeceu ao PNL a escolha da Sertã para a comemoração daquela efeméride, aos alunos do Agrupamento de Escolas da Sertã que participaram no “Jogo de Cartas” e que desde o primeiro dia demonstraram enorme entusiasmo e dedicação. Agradeceu também às professoras bibliotecárias do AES e à equipa da Biblioteca Municipal da Sertã.José Carlos Fernandes deu “uma nota de reconhecimento para o Município da Sertã, que através da Biblioteca Municipal, fez um grande esforço para que este momento cultural fosse uma realidade, os meus parabéns à autarquia.”

Cristina Paiva, da ANDANTE Associação Artística, referiu que “quando lemos em voz alta estamos a fazer parte de uma das mais antigas e importantes tradições do ser humano”.

Agradeceu o empenho, dedicação e generosidade de todos quantos fizeram parte do espectáculo.

Teceu elogios ao PNL pela escolha da defesa da leitura em voz alta como estratégia básica da promoção da leitura.

Agradeceu o apoio do Município da Sertã, através da equipa da Biblioteca Municipal, assim como às professoras bibliotecárias, ao Agrupamento de Escolas da Sertã.

A comemoração do Dia Mundial da Leitura em Voz Alta foi promovida pelo Plano Nacional de Leitura 2027 em parceria com o Município da Sertã, através da Biblioteca Municipal Padre Manuel Antunes, e o Agrupamento de Escolas da Sertã.

Recorde-se que o Dia Mundial da Leitura em Voz Alta assinala-se anualmente a 1 de fevereiro e tem como objetivo incentivar o contacto dos jovens com a leitura, a escrita e a narrativa.

A efeméride foi fixada pela LitWorld (organização sem fins lucrativos) para chamar a atenção para a importância de ler em voz alta, como forma de partilhar histórias e para relembrar que a alfabetização é um direito humano.

 

 

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: