7.8 C
Castelo Branco
Terça-feira, Maio 24, 2022
No menu items!
InícioCulturaPrograma cultural em rede inicia na Sertã

Programa cultural em rede inicia na Sertã

Caminhos da Natureza

No dia 13 de fevereiro arranca no concelho de Sertã o projeto: “Caminhos da Natureza”, promovido pelos municípios de Ferreira do Zêzere, Mação, Sertã e Vila de Rei, no âmbito da Programação Cultural em Rede do Médio Tejo”.

A Igreja Matriz do Figueiredo, no concelho da Sertã,vai ser palco do primeiro evento do referido programa cultural: trata-se do concerto de órgão e quarteto de vozes de Dada Garbeck, às 15h30m.

Liderado por Rui Souza (sintetizadores e voz), o grupo é constituído por Sandra Azevedo (Soprano), Marisa Oliveira (Contralto), Leonel Gomes (Tenor) e Guilherme Moreira (Baixo).

O reportório do concerto baseia-se no álbum “Vox Humana” e irá percorrer temas como “Misantropia”, “Lugar seguro”, “Salgo as Pedras” e “Rosa é uma Flor”, num registo que incorpora o som electrónico na música tradicional portuguesa.

Refira-se que Rui Souza, responsável pelo projeto Dada Garbeck, é considerado pela crítica internacional como “um dos músicos experimentais portugueses mais interessantes da atualidade”.

O concerto decorrerá ao abrigo das recomendações da Direção Geral de Saúde.

Este concerto marca o arranque da Programação Cultural em Rede- “Caminhos da Natureza”, financiado pelo CENTRO2020, que abrange os Municípios de Ferreira do Zêzere, Mação, Sertã e Vila de Rei.

Consiste num programa de seleção de locais e objetos artísticos e culturais para a valorização e divulgação de bens culturais e patrimoniais.

Pretende-se que os eventos potenciem uma dinâmica entre as artes, o público e economia local (comércio, hotelaria, restauração e serviços), estimulando a economia da região através do turismo atraído pela procura de produtos culturais diferenciadores.

O projeto “Caminhos da Natureza” é composto por 68 ações que percorrerão diversos locais dos quatro concelhos abrangidos, assentando no desenvolvimento de novas experiências e na dinamização, promoção e desenvolvimento de bens culturais e naturais – materiais e imateriais, como forma de diferenciação, competitividade, diminuição de assimetrias e reforço da coesão territorial, através da atratividade e promoção da imagem da região.

Na região do Médio Tejo, a Programação Cultural em Rede é promovida pela Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo e pelos municípios de Sertã, Abrantes, Alcanena, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém, Sardoal, Tomar, Torres Novas, Vila de Rei e Vila Nova da Barquinha. Os eventos decorrerão ao abrigo das normas recomendadas pela Direção Geral de Saúde.

O projeto é cofinanciado pelo Centro 2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do FEDER.

Médio Tejo uma região a Caminho!

 

 

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: