23.9 C
Castelo Branco
Quarta-feira, Maio 25, 2022
No menu items!
InícioRegionalUBI e Centro Académico Clínico das Beiras ampliam cooperação

UBI e Centro Académico Clínico das Beiras ampliam cooperação

As duas entidades assinaram um acordo que pretende envolver toda a Universidade no projeto de melhorar os cuidados de saúde, formação de profissionais e investigação.

A Universidade da Beira Interior (UBI) e o Centro Académico Clínico das Beiras (CACB) assinaram um protocolo que visa envolver todas as faculdades e departamentos no projeto do CACB e, dessa forma, atingir o importante objetivo de melhorar os cuidados de saúde prestados às populações.

O documento que prevê o aumento da conjugação de esforços entre as duas instituições foi assinado pelo Reitor da UBI, Mário Raposo, e Miguel Castelo-Branco, presidente do Conselho Diretivo do CACB, na manhã de 9 de fevereiro.

De acordo com Mário Raposo a assinatura do protocolo tem a importância de fortalecer uma atividade que visa “alcançar a melhoria dos cuidados de saúde prestados à população”, através das sinergias criadas pela combinação das organizações ligadas aos cuidados de saúde, ensino de cursos de pré e pós-graduação, e na formação dos profissionais”.

Como resultado deste acordo, o Centro Académico Clínico das Beiras terá uma maior oportunidade de incorporar o vasto conhecimento que é produzido na UBI, em áreas não diretamente ligadas à saúde.

“Este protocolo reconhece que é a Universidade, na sua totalidade, que está a assumir o envolvimento neste projeto do CACB, para aumentar a qualidade de atendimento na saúde, mas também para a melhoria da investigação, que hoje é cada vez mais multiprofissional e multidisciplinar”, salienta Miguel Castelo-Branco. Além da Faculdade de Ciências da Saúde (FCS) e do Centro de Investigação em Ciências da Saúde (CICS), que integram oficialmente o CACB, pretende-se “envolver as Faculdades e os vários Departamentos, para que se sintam todos no mesmo barco”, reforçou o também presidente da FCS.

O CACB tem sede na FCS-UBI e foi criado em 2017 como o maior centro académico do país, em termos de número de parceiros e de abrangência territorial.

Integram o consórcio sete instituições ligadas à prestação de cuidados, ensino e investigação na área da saúde, dos distritos de Castelo Branco, Guarda e Viseu: Centro Hospitalar Universitários da Cova da Beira, a Unidade Local de Saúde da Guarda, a Unidade Local de Saúde de Castelo Branco, o Centro Hospitalar Tondela – Viseu, a UBI, o Instituto Politécnico de Castelo Branco, o Instituto Politécnico da Guarda, Instituto Politécnico de Viseu.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: