15 C
Castelo Branco
Quinta-feira, Maio 26, 2022
No menu items!
InícioInternacionalParecer da NordVPN ao ataque à Vodafone

Parecer da NordVPN ao ataque à Vodafone

O recente aumento de ciberataques em Portugal culminou na Vodafone, uma das maiores operadoras de comunicações em Portugal, sendo forçada a interromper completamente as suas operações.

Alegadamente, o ataque afetou grande parte dos 4,7 milhões de clientes da Vodafone, deixando-os sem serviços de telefone, internet móvel ou televisão, enquanto o sistema de segurança interno e os sistemas de emergência da Vodafone sofreram uma perda de comunicação.

Daniel Markuson, especialista em cibersegurança da NordVPN diz que “pela pouca informação que dispomos, parece ter sido um ataque de negação de serviço, mais conhecido por “DoS”, e considerando que nenhum pedido de resgate foi feito, o principal motivo parece ser causar como a maior número de distúrbios  possível. Em grande das vezes, os ciberataques a empresas têm como único objetivo o ganho financeiro e são indiscriminados. Neste caso, no entanto, considerando que não apenas os sistemas da Vodafone foram o alvo, mas também os backups, o ataque foi planeado e deliberado.”

O especialista continua, “A gravidade deste ataque não pode ser menosprezada. Os serviços afetados são críticos não apenas para os cidadãos, mas como para instituições fundamentais, hospitais, bombeiros e polícia, sem mencionar bancos e empresas em todo o país que dependem dos serviços da operadora. Em tempos como estes, é crucial destacar a importância de melhorar a cibersegurança, pois cada vez mais toda a sociedade depende das tecnologias digitais e este tipo de incidentes tornam-se uma questão de segurança e soberania nacional.”

Em ordem de se proteger de ciberataques, Daniel Markuson recomenda as seguintes práticas para cidadãos e empresas:

  • Atualize os seus softwares regularmente. Adiar as atualizações nunca é uma boa ideia, pois os agentes mal-intencionados podem explorar vulnerabilidades do sistema que já foram corrigidas.
  • Use um gestor de palavra-passe para criar e gerir as suas palavra-passe. Uma palavra-passe forte pode levar meses para um hacker descobrir. Felizmente, a maioria dos gestores de palavra-passe pode ajudá-lo a gerir e criar uma palavra-passe complexa, para não precisar de se lembrar dela.
  • Muitas pessoas ainda têm uma compreensão muito vaga sobre segurança online. Treine-se a si e á sua equipa.
  • Use uma VPN. Com uma rede privada virtual o seu tráfego fica encriptado e oculta o seu endereço IP, melhorando a sua segurança e privacidade. Porem uma VPN não o proteja de todas as ameaças, aumentará substancialmente a sua segurança geral.
  •  Faça backup regularmente dos seus ficheiros. Se for tarde demais e o malware já infetou o seu dispositivo, isso não significa que o jogo acabou. Ao fazer backup dos seus ficheiros regularmente, pode limitar os danos de um ciberataque.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: