21.1 C
Castelo Branco
Sábado, Maio 21, 2022
No menu items!
InícioCulturaApresentação pública do programa da 24.ª Semana Cultural da Universidade de Coimbra

Apresentação pública do programa da 24.ª Semana Cultural da Universidade de Coimbra

Amanhã, terça-feira, dia 22, pelas 12h00

O programa da 24.ª Semana Cultural da Universidade de Coimbra (UC) vai ser apresentado amanhã (terça-feira, 22), pelas 12h00, no Student Hub, localizado no rés-do-chão do edifício da Faculdade de Medicina, no Pólo I da UC.
 
A Semana Cultural – com o patrocínio do Santander Universidades – vai decorrer de 1 de março a 15 de março de 2022, promovendo mais de quatro dezenas de iniciativas sob o tema do “Tempo”.
Na sessão de apresentação pública estará presente o Vice-Reitor da UC para a Cultura e Ciência Aberta, Delfim Leão, que revelará o programa composto por concertos, teatro, exposições, instalações artísticas, espetáculo multimédia, performances e atividades para crianças, além de uma dezena de eventos convergentes.

Sobre o tema da XXIV Semana Cultural da UC: “Tempo”


A relação com o Tempo é um dos grandes signos portadores de sentido, por iluminar a compreensão da existência pessoal e a sua inserção no devir cósmico, por tornar mais premente a consciência incontornável da humana efemeridade, mas também por instilar no espírito a inquietação necessária à busca da eternidade.
Ao eleger o Tempo como tema da XXIV Semana Cultural, procura-se convocar a sua ação e a sua força pendulares: o Tempo e as fases da vida; a memória coletiva e o Tempo pretérito comum; o Tempo presente e os desafios que coloca ao ímpeto criador, para que o Tempo futuro seja marcado pela confiança num Tempo melhor.
Não apenas o ‘Tempo cronológico’ (chronos), que deixa um traço indelével de ‘Tempo escultor’ (monumentum), mas também o ‘Tempo oportuno’ (kairos) que marca o discernimento para agir no momento certo, pela causa mais justa.
O ano de 2022 será assinalado por marcos temporais de profundo significado para a história da UC e para a sua projeção lusófona: entre outros, os 250 anos da Reforma Pombalina, os 200 anos da proclamação da Independência do Brasil, os 20 anos da independência de Timor.
Será também, segundo se espera, o Tempo da pós-pandemia e o Tempo da expectativa na renovação criadora.
O ano de 2022 será, por isso, o nosso Tempo e o momento de construirmos um futuro Tempo melhor: com arte, com intelecto, com paixão, com a serena esperança da eternidade.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: