7.8 C
Castelo Branco
Terça-feira, Maio 24, 2022
No menu items!
InícioRegionalExposição “Rails do Progresso” recorda viagem inaugural da Linha da Beira Baixa

Exposição “Rails do Progresso” recorda viagem inaugural da Linha da Beira Baixa

Entre 5 de março e 30 de abril de 2022, a Casa de Artes e Cultura do Tejo, em Vila Velha de Ródão, recebe a exposição “Rails do Progresso”, uma iniciativa promovida no âmbito do projeto Rail Fest- Programa Cultural em Rede, que pretende recordar a viagem inaugural da Linha da Beira Baixa, em 1891.

Como se explica na sinopse da exposição, a 5 de setembro de 1891, o rei D. Carlos, a rainha D. Amélia e uma comitiva de ilustres convidados partiam de Sintra, rumo à Covilhã, para aquela que foi a primeira viagem real da Linha da Beira Baixa, de Abrantes à Covilhã.

A mostra recorda como “durante os três dias, os reis, a sua comitiva e os convidados foram recebidos por uma multidão entusiasmada, que celebrava a chegada do comboio e do progresso”, tomando como ponto de partida os ecos da imprensa de época, com especial foco nas ilustrações feitas por Bordalo Pinheiro, que acompanhou esta viagem, mas também descrições detalhadas e repletas de apontamentos políticos e sociológicos.

Esta é uma iniciativa realizada no âmbito o projeto Rail Fest, em parceria com a Fundação Museu Nacional Ferroviário, com o apoio do Arquivo Distrital de Castelo Branco; Arquivo Municipal da Covilhã; Hemeroteca Municipal de Lisboa; Museu Bordalo Pinheiro / EGEAC; Museu da Covilhã; e Museu Nacional do Traje.

A exposição estará patente ao público até 30 de abril de 2022, na Casa de Artes e Cultura do Tejo, podendo ser visitada de segunda-feira a sábado, das 9h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30, e aos domingos, entre as 9h00 e as 12h30, mediante marcação.

Com início em 2021, o Rail Fest estende-se até maio de 2022 e assenta numa programação em rede que valoriza a entidade dos territórios ligada à ferrovia e visa promover também o seu património natural e cultural, através de um programa diversificado.

O Rail Fest – Programa Cultural em Rede é uma iniciativa dos Municípios de Vila Velha de Rodão, Entroncamento e Águeda, em parceria com o Museu Nacional Ferroviário e o Município de Castelo Branco, e é cofinanciados pelo Programa Operacional Regional do Centro 2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do FEDER – Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

 

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: